Busca

2009:
Um Conto de Duas "Linhas do Tempo"

Esta página é uma reformatação da versão original publicada no Projeto Camelot.


Em Janeiro de 2008 escrevemos um importante artigo chamado 2008 : O Futuro é Agora. Trata-se de um resumo da maior importância, contendo as várias ameaças e possibilidades que sentimos estar por acontecer em breve no Planeta Terra, baseados em toda a informação que então tínhamos a nosso dispor. Se você ainda não leu, sugerimos que leia esse artigo, na íntegra.

Agora é Março de 2009, mais de um ano se passou, e algumas coisas mudaram. Outras não. Atualmente, existemsuficiente informações novas para revisarmos o nosso resumo, e fazermos alguns comentários importantes sobre onde estamos exatamente nesse jogo... um jogo de duas linhas do tempo.

O título deste artigo é uma alusão ao romance histórico "Um conto de Duas Cidades" (Tale of Two Cities) de Charles Dickens. Na realidade, existe obviamente, uma variedade de linhas do tempo - talvez até mesmo um número infinito delas. Leiam...

2008

2009

1) Visão Geral

Nosso amigo e importante fonte Henry Deacon vem afirmado repetidamente, desde a primeira vez em que nos encontramos, que a questão é que há uma série de problemas convergindo, simultaneamente, que se combinam para criar uma situação global sem precedentes. Pelo que temos conhecimento, estamos de acordo.

A falta de consenso entre os pesquisadores, às vezes, pode ser apenas porque ambos têm visões parciais da situação total. Talvez todos estejam certos... no que quer que seja que eles estejam particularmente interessados ou focados.

 

Nada aconteceu para que nós mudássemos de opinião sobre isso...

2) Os assim chamados "Controladores"

É importante perceber que os "Controladores" - os Illuminati, o Committee of the Majority (Comitê da Maioria), e/ou vários grupos alienígenas - não estão em controle.

Os relatórios, de Deacon, verossímeis na nossa opinião, nos dizem que não há um grupo único e global de mentes superiores governando o planeta com êxito, mas que, a nível de lei, força militar e projeto negro, há diversas facções lutando pelo controle, com muitas intenções diferentes.

Alguns grupos podem estar fazendo o seu melhor para ajudar na situação, dentro do contexto particular deles. Deacon inclui o programa espacial secreto dentre esses, que ele considera ser uma espécie de programa salva-vidas para a Terra, na ocasião do planeta realmente atingir o icebergue cósmico.

Dan Burisch também fala sobre uma "Arca" para ser usada em caso de necessidade, que foi parcialmente construída na Terra e transportada para a Lua. Ele descreveu graficamente os problemas enfrentados para erguer e mover esse objeto extremamente pesado na Área 51.

Enquanto isso, acredita-se que outras facções tenham intenções bastante destrutivas e manipuladoras, tais quais a de reduzir a população do planeta por qualquer meio possível - desde a liberação secreta de doenças, até uma possível guerra planejada. Relatamos ambas as possibilidades abaixo.

Outras situações são de ordem natural e contribuem para o quadro geral. Nós também falaremos disso. E seguramente, devem existir outros cenários dos quais não estamos cientes.

 

...ou sobre isso.

3) O que os informantes estão fazendo

...protegendo a si próprios. Há, em nossa opinião, evidências convincentes e críveis, de que existe já há muitas décadas, um programa secreto em larga escala de construção de basessubterrâneas profundas , (possivelmente milhares ao redor do mundo), algumas delas em formato de cidades inteiramente auto-suficientes.

Estas custaram trilhões de dólares e não estão sendo feitas por mero prazer. Este é o maior e mais amplo programa de construção em toda a história da raça humana que se tem conhecimento, e tem acontecido há 50 anos. Tem-se mantido total segredo sobre isso, e foi desenvolvido devido a algum tipo de ameaça. Abaixo, apresentamos algumas possibilidades para essa ameaça.

Acreditamos ser eticamente inadmissível que a população ainda não tenha sido abertamente informada sobre assuntos muito bem conhecidos e corriqueiros à elite governamental e militar. Um dos propósitos do Project Camelot é descobrir a natureza dessa ameaça e revela-la publicamente.

 

E eles ainda estão. Em Outubro de 2008, conhecemos uma nova e muito importante testemunha, Jake Simpson. Jake, que é muito bem relacionado/conectado, muito bem informado e altamente confiável, nos informou que os planos militares para salvaguardar o futuro da raça humana continuam em andamento.

Jake nos disse que os planos dos militares dos EUA incluem, se necessário, usar a Austrália como uma "Arca", e que, materiais, instalações e equipes estão constantemente sendo alocadas lá. Ele mencionou Pine Gap, e também outra meia-dúzia de bases menos conhecidas localizadas na imensa amplitude do vazio e praticamente inabitado deserto australiano.

Jake também destacou vigorosamente que o rumor da existência de um meio de transporte submarino de alta velocidade entre os Estados Unidos e a Austrália é uma realidade que já tem estado em funcionamento há algum tempo.

Segundo Jake, a razão para essa contínua atividade defensiva é porque não se sabe com 100% de certeza se a ameaça de um cataclismo (dentro dos próximos 12 anos, e NÃO necessariamente em 2012) já foi eliminada. Dan Burisch nos contou em particular que ele concorda inteiramente com isso e que não supõe-se que não haja mais perigo. Não dá para ter certeza total sobre isso. Por favor, leiam mais sobre isso abaixo.

4) O Grande Cenário

A seguir apresentamos um simples resumo de um complexo e inacreditável apanhado de eventos e fatores. Por favor, veja The Big Picture para informar-se mais sobre isso.

Sob o nosso ponto de vista, acreditamos ser convincente que os militares dos Estados Unidos tem conhecimento de uma grande ameaça à sobrevivência da espécie humana - possivelmente desde o final da década de 1940. A Tecnologia de Portais do Tempo recebida dos nossos "visitantes" (sejam eles viajantes do espaço, ou viajantes do tempo - conforme acreditamos), convenceu os militares de que uma grande catástrofe no futuro era possível ou provável.

Devido a isso, o MJ-12 (ou qualquer que seja o comitê executivo apropriado) decidiu três coisas:

• Iniciar medidas protetivas imediatamente.
• Manter esse conhecimento sob um alto grau de confidencialidade.
• Iniciar um acelerado programa de vínculo com ETs e pesquisa de alta tecnologia na tentativa de aumentar o controle sobre a situação e tentar evitá-la.

o menos uma facção desse grupo também está interessada em facilitar a pior das hipóteses devido ao desejo de dominação e interesses próprios. Essa intenção está muito relacionada com controle de população/planos de eliminação em massa, detalhados por exemplo, no O Relatório da Montanha de Ferro.

 

Nada aconteceu para que mudássemos nossa visão sobre isso.

Jake Simpson (veja acima) acredita que tomou-se conhecimento dessa ameaça durante a II Guerra Mundial, e que a informação obtida através dos Anunnaki em reuniões altamente confidenciais em 1954 (Muroc/Edwards AFB) e em 1955 (Holloman AFB), causou o ataque cardíaco em Eisenhower, em Setembro de 1955.

5) O que foi observado

Um informante, de quem ainda não havíamos relatado, nos contou que em 5 de Novembro de 1971, ele observou, usando um aparelho denominado chronovisor, o prédio da Suprema Corte dos EUA em Washington imerso em água salobra a uma profundidade de 30 metros.

Nós não sabemos qual a data em que esse evento aconteceu e tampouco qual o incidente que o levou a ocorrer.

Dan Burisch referiu-se à ameaça de uma mudança de pólo ("pole shift") em torno de 2010 e que essa informação foi obtida de humanos do futuro que viajaram de volta no tempo. Nós consideramos o testemunho dele verossímil e importante. Henry Deacon também confirmou isso, assim como muitos outros (incluindo o informante mencionado acima).

Vazamento de informação confidencial, avisos, sonhos, intuições e milhares de mensagens canalizadas - bem como o popular calendário Maya - combinam-se para assegurar a idéia de que ao redor do ano 2012 haverá (ou estava previsto haver) algum tipo de grande catástrofe global - muito provavelmente uma mudança de polo ("pole shift").

 

Nós ainda estamos em contato com a testemunha que nos relatou o que observou usando o chronovisor, mas ele ainda não está pronto para vir a público e relatar sua impressionante estória por inteiro.

Jake Simpson (veja acima) afirmou-nos com muita clareza que a data prevista para um evento cataclismático em potencial seria após 2012. Ele sugere 2017 ou 2018, e diz que se nada ocorrer até 2020, pode-se seguramente descartar o perigo.

Importante. Jake enfatizou que não se sabe exatamente quando ou se o cataclismo acontecerá. Conforme relatamos na nossa apresentação em Vilcabamba, ele nos contou que a NASA recém lançou um satélite de 1 trilhão de dólares: e esse é um homem que realmente sabe quanto dinheiro é 1 trilhão de dólares.

A parte importante dessa extraordinária informação é que eles não gastariam um trilhão de dólares para coletar dados e informação científica se eles soubessem o que está para acontecer. Eles gastam um trilhão de dólares quando eles NÃO sabem o que está para acontecer e querem MUITO saber, ou porque certamente algo está a perigo.

6) Isso já aconteceu antes

A história é cíclica, e também a geologia e a ascensão e queda das civilizações. O grande dilúvio é um mito presente em quase 100 diferentes culturas ao redor do globo. Platão, um historiador fidedigno e altamente inteligente e consciente, relatou a imersão de Atlantis em detalhes gráficos.

Ao redor de todo o mundo (e provavelmente na Lua e em Marte também) existem ruínas gigantes que contam com clareza a estória de uma civilização extinta. Talvez não sejamos únicos na ameaça que estamos enfrentando.

 

Jake Simpson (veja acima) nos contou que, ao menos em uma ocasião, equipes de construção ao escavarem bases subterrâneas muito profundas, depararam-se com antigas instalações subterrâneas que não haviam sido construídas por nós. Essas instalações foram construídas pelos nossos predecessores (ou ancestrais) ao redor de 12.500 anos atrás... logo antes do grande dilúvio acontecer. Nós consideramos essa informação de imensa importância já que ela confirma a natureza cíclica desses grandes eventos.

Dan Burisch nos confirmou isso numa reunião particular mês passado, Fevereiro de 2009. Contamos a ele a estória de Jake e Dan confirmou que sim, que aquilo havia ocorrido num "país escandinavo". Uma grande escavadeira de túneis foi descoberta e ela era "quase idêntica" à que estava sendo usada pelos homens de hoje, para escavar aquela instalação - exceto por ter sido encontrada num lugar diferente, e por definitivamente não ser a mesma máquina... a máquina em questão havia estado abandonada por um "longo, longo tempo".

A natureza assustadora da conexão entre esses eventos cíclicos - e da natureza como os seres humanos reagem a eles - alimenta demais o pensamento. Dr Bill Deagle em sua palestra no Fórum de Granada, em Dezembro de 2006, também confirma isso:

...Algo está por vir. Porque literalmente tudo está precisamente alinhado conforme os dias que precederam a grande guerra entre Atlantis e Lemúria: com exatamente os mesmos tipos de população, as mesmas tecnologias, e exatamente a mesma geopolítica. Não é uma coincidência? Que nós estamos exatamente na mesma posição, precedendo os equinócios do ciclo. (Parte 1, 1:05:45)

Eles acidentalmente acharam um túnel, e por acaso, esse túnel específico já estava pronto, construído entre 3 e 5 mil anos atrás - por uma outra civilização. Só Deus sabe por qual tipos de criaturas - foram elas habitantes da Terra ou visitantes. Mas nosso mundo é um mundo muito antigo... e essa idéia de que temos apenas 6.000 anos é simplesmente política. (Parte 3, 23:18)

7) A catástrofe foi evitada

Segundo Dan Burisch, em depoimento que consideramos verossímil, os futuros humanos chegaram à conclusão que a melhor hipótese para a catástrofe que afetou seus ancestrais (leia-se nós), foi a de que ela foi causada por micro wormholes (buracos de minhoca,termo da física) no continuum espaço-tempo, que causaram efeitos que foram imensamente e devastadoramente amplificados por Stargates e portais do tempo (Looking Glass), construídos pelo homem.

Diante disso, a solução foi portanto, desativar esses equipamentos - onde quer que eles estivessem, e com quem quer que eles estivessem. Dan relata que isso foi feito.

De acordo com a informação obtida pessoalmente através de Dan, e que também está relatada neste blog, nós não estamos mais na Linha do Tempo 2 ("Timeline 2" ou "T2") - nome dado à linha do tempo catastrófica. Investigações detalhadas a cerca disso foram feitas neste último verão (2007) e Dan relatou que agora estamos (ou estávamos, em Novembro de 2007) na "Variante 83 da Linha do Tempo 1".

"Tudo deve ficar bem", foi o que ele nos escreveu, algumas semanas atrás.

Porém, o recente assassinato de Benazir Bhutto foi bastante inesperado. Isso serve de lembrete que toda essa informação sobre possíveis/prováveis eventos futuros está longe de ser estática, e está continuamente sujeita a mudanças.

Através de nossa própria consciência, estamos constantemente afetando o mundo ao nosso redor e, no papel de co-criadores do universo estamos inteiramente envolvidos no desencadeamento de eventos futuros. Na parte 3 da nossa recente entrevista com, Richard Hoagland ele declara que acredita fortemente que nós temos a capacidade de nos organizarmos para influenciar esses eventos futuros da maneira mais positiva possível. Nós concordamos completamente com isso.

É importante notar que é bastante provável que existam organizações/grupos regressivos trabalhando ativamente para influenciar linhas do tempo através de técnicas ensinadas por certas raças alienígenas e também através da utilização de física hiperdimensional avançada. Uma testemunha altamente envolvida em projetos secretos nos contou nos últimos dias (ao verificar os dados recentemente postados no nosso documento sobre o livro recentemente postado da base "New Berlin" na Antártica), um grupo na Antártica também pode estar envolvido nesse tipo de atividade - conforme exposto através da formula matemática detalhada no final do documento.

 

Alguns meses após publicarmos o original do artigo 2008 obtivemos permissão de Dan Burisch para redigirmos um relato completo sobre a Timeline 1, Variante 83. Dentre outras coisas, esse relato descreve uma guerra com o Irã prevista para ser iniciada em Outubro de 2008, e logo após isso, Hillary Clinton seria eleita a nova presidente dos EUA.

Nenhum destes eventos ocorreu.

Aqueles que acompanharam nosso blog "What's New" no ano passado (agora arquivados aqui e aqui novos visitantes de nosso site, leiam isso!) viram que coletamos uma série de tópicos de dados (14 no total, não todos publicados em nosso website) que nos levaram a acreditar, e também a muitas outras pessoas, que existiram planos para mudar importantes eventos mundiais que ocorreriam em Outubro passado. Uma de nossas fontes confiáveis, Hawkeye, havia referido-se aos eventos por vir, desta maneira (23 de Agosto de2008): - 

O(s) evento(s) que acontecerá(rão) em Outubro serão um golpe de estado à vida humana deste século.

O site Half Past Human ambém havia alertado seus leitores sobre eventos monumentais que aconteceriam nos últimos meses de 2008. E o Dr. Bill Deagle, durante seu agora famoso telefonema para nós em 4 outubro, enciou de maneira não-física o que percebeu ser um iminente ataque nuclear à uma importante cidade estadunidense, possivelmente Los Angeles.

Bill Deagle - juntamente com George Green, o website Half Past Human, e muitos outros - também previu a crise financeira de Outubro. Nesse exato momento, quatro meses e meio depois, esta enorme avalanche continua varrendo os mercados e instituições globais. Mas, ao mesmo tempo, mesmo sabendo que os efeitos desta crise são de proporções muito sérias para inúmeras pessoas e negócios nos EUA e em outros países; até agora, os eventos cataclismáticos previstos, ainda não se materializaram.

Então, o que aconteceu? Estariam todos os prognósticos errados?

Estariam corretas as pessoas que criticaram Bill Deagle e o acusaram de estar completamente iludido? Será que o site Half Past Human interpretou erroneamente todo o vasto material e dados linguísticos que se encontravam à sua disposição? Teria sido Hawkeye mal-informado por sua própria fonte interna?

Será que quando nosso contato, Henry Deacon, recebeu um telefonema inesperado em Setembro, e ofereceram-lhe um trabalho no Oriente Médio a ser iniciado no dia seguinte, com um salário de 800 dólares por hora - mais do que ele jamais havia ganhado (e que por sinal, ele recusou) - será que esse era apenas mais um trabalho rotineiro?

Nós sugerimos que não. Nós achamos que estamos agora numa "linha do tempo" diferente: uma importante variação da Linha do Tempo 1 ("Timeline 1"). E, conforme conversa particular com Dan Burisch, ele concorda inteiramente com isso.

Dan nos informou recentemente que ele e outros, que estão operando como "white hats" (chapéu branco) no governo dos EUA, também têm trabalhado para alterar a Variante 83 da Linha do Tempo 1. Um sério conflito entre o Paquistão e a Índia, um confronto nuclear envolvendo China e EUA, e também um intercâmbio nuclear entre EUA e Rússia, faziam parte dos eventos previstos.

Com Obama - e não Hillary Clinton - tornando-se presidente dos EUA, e com a morte de Benazir Bhutto - que segundo Dan, estava totalmente ciente do risco e do sacrifício necessários - Dan acredita fortemente que não estamos mais nessa linha do tempo. Sua visão, da qual compartilhamos, é de que faz alguns meses que estamos numa variação de linha do tempo completamente desconhecida: teoricamente, criada por nós mesmos, já que somos responsáveis por tudo o que escolhemos criar e manifestar.

Apesar disso ser impossível de se provar, acreditamos existir enormes evidências de que, por volta de Outubro, ocorreu uma mudança. Possivelmente resultado de uma intensa focalização de consciência e intenções positivas, de diversas formas, proveniente de milhares de pessoas. O melhor argumento que temos àqueles que criticaram Bill Deagle quando ele afirmou ter "visto" um evento apocalíptico, é o de que aquilo provavelmente já aconteceu -  mas em outra linha do tempo.

Isso significa que, ainda bem que não aconteceu conosco. Com quem isso aconteceu- outras versões de nós, por falta de melhor descrição - deixamos para os meta-físicos. Então, estamos agora em território desconhecido. "Todas as apostas estão valendo", Dan nos escreveu em Outubro passado. Logo após, sugerimos essa concepção a Jake Simpson e ele concordou plenamente.

8) Pensamento Militar: Não abra mão da apólice de seguro

É importante entender que, independente das análises das informações recebidas através de aparelhos "portais-do-tempo" mostrarem que tudo esteja bem, o pensamento padrão dos militares ainda é o de continuar preparando-se para o pior pelos próximos cinco anos. Afinal, eles estão nessa por duas gerações; que diferença fará mais alguns anos, só pra garantir?

Portanto, as base subterrâneas continuarão a serem preparadas e o programa espacial secreto continuará. Entendemos que Marte está sendo "terra-formado" (transformado tecnologicamente para ser um planeta habitável por humanos), nesse exato momento - segundo relato dos nossos descendentes, isso é um eco harmônico do que aconteceu na Linha do Tempo 2, quando um grupo, que se tornaria o 'P52 Orions', fugiu da Terra via Lua e Marte para eventualmente colonizar outros sistemas solares e dar continuidade à raça humana em outros lugares.

                                                                                       

Jake concordou que "todas as apostas estavam valendo": veja logo acima. Foi perturbador saber através de Jake, que a preparação defensiva dos militares estava continuando sem alterações. É como se eles ainda estivessem planejando - ou se assegurando - contra a catástrofe da Linha do Tempo 2. Mas Jake foi fleumático sobre isso. A data do evento (caso ocorresse), segundo ele, seria mais próxima a 2017, 2018 do que a 2012. Ainda havia tempo suficiente para coletar informações e reunir recursos... e foi exatamente isso que ele nos disse que os cientistas militares estavam fazendo.

Dan Burisch também concordou com isso. Ele nos contou que um grupo de P52 Orions, havia escolhido "ficar para trás", orbitando a Terra numa grande espaço-nave, no caso da ajuda deles ser necessária. E fazendo isso, devido à aparente mudança de Linha do Tempo para a não catastrófica, eles na verdade, fizeram um enorme sacrifício em nosso nome: ficar aqui para ajudar a nós, seus distantes ancestrais, e fazendo isso, eliminaram qualquer possibilidade de jamais voltarem para casa.

Para notícias recentes sobre isso, veja o nosso artigo entrado no dia 14 de março 'What's New'. Marci McDowell relatou no Fórum Eagles Disobey (reply #27) que Dan Burisch pode ter decodificado com sucesso, a data específica de quando a catástrofe na Linha do Tempo 2 ocorreu. Isso segundo comunicação por escrito entre Marci e Chi'el'ah - um ET com o qual mantém contato, e que pertence a sua descendência futura.

Dan não publicou esses dados, mas isso foi um choque mental e emocional para ele - já que tudo indica que ele possa ter descoberto exatamente, e pela primeira vez, essa futura data histórica. Respeitosamente, ele relatou isso ao Majestic, e declarou que faria uma declaração pública em 28 de Março. Quase nada além disso foi publicamente exposto até o momento, apesar de existirem alguns outros detalhes no Fórum Eagles Disobey  nas páginas subsequentes à declaração.
* Atualização: veja o rodapé desta sessão.

One key piece of information has recently surfaced in this regard indicating that Dan is currently working with the Orion Cube (or 'Yellow Book', as it is known by some) to determine where we may be now in regard to the probability of various future scenarios.

Uma peça chave de informação relacionada a isso veio à tona recentemente, indicando que Dan está atualmente trabalhando com o Orion Cube (ou também conhecido por alguns como "Yellow Book") para determinar a probabilidade de futuros cenários neste momento.

Separadamente, e intrigantemente, Dan nos relatou pessoalmente o seguinte. A explosão e incêndio ocorridos no Marriott hotel noPakistão em Setembro de 2008, está diretamente ligada à caixas feitas de aço que haviam sido colocadas em quartos daqueles andares, e que estavam sob guarda de militares americanos. Aparentemente, algo dentro destas caixas estava armado para explodir; e essa informação nos leva de volta ao que Dan nos disse sobre cópias de "cubos" de engenharia-reversa sendo alugados para vários governos. Esse "cubos" possuem um botão de sim/não para, sob protocolos restritos, ser utilizado para responder à apenas uma questão; e qualquer outro tipo de interferência com esses "cubos" levaria à auto-destruição, como uma medida de segurança.

Cada um desses "cubos" pode ser utilizado apenas uma vez, e permite à pessoa que o utiliza, enxergar um holograma de um provável futuro. Mas, para operá-lo, o usuário deve estar completamente treinado para proteger a si mesmo e ao cubo de uma possível interferência causada pela sua própria presença, bem como pela suas idéias pré-concebidas. Essa proteção dá-se das seguintes maneiras (a) tendo apenas uma pessoa próxima ao cubo enquanto utilizando-o, e (b) o usuário sendo um experiente "contactee" (pessoa que tem/teve contato com extra-terrestres), com domínio de várias técnicas aprendida durante os contatos.

A utilização desses cubos é significativa e , de acordo com Dan, não oferece o mesmo perigo que a tecnologia "Looking Glass": os cubos não utilizam portais ou wormhole, mas acessam o campo da consciência para mostrar prováveis resultados.

Em 28 de Março, Dan Burisch irá revelar algo importante pertinente a onde exatamente estamos na atual linha do tempo. Porém, é importante notar que, de acordo com os protocolos de inteligência militar senior com os quais ele trabalha, é provável que ele não possa revelar uma grande parte da informação.

Dan e Marci fizeram o seguinte anúncio no Eagles Disobey forum:

Drs. McDowell and Burisch estarão informando aos membros do Groupo Novo, membros aposentados do Groupo Novo, também ao operacional médio e senior da antiga Consistório do Majestic: e também outros membros do Eagles Team, no sábado, dia 28 de Março de 2009, ao meio-dia (horário universal), sobre as 6 localidades decodificadas contidas no diário do Dr. Burisch, referentes à (supostamente) defunta Linha do Tempo 2 (T2).

E eles vão além e declaram que disponibilizarão um transcrito ao acesso público. Dan e Marci deixaram bem claro diversas vezes, que qualquer coisa que ameace diretamente a humanidade, será revelada por eles independente das consequências - já que em primeiro lugar vem a sua lealdade às pessoas, e a sobrevivência de todos.

Atualização, 2 de Abril: Dan relatou, após o tal dia ter passado sem nenhum evento, que a data decifrada por ele em questão era... 28 de Março de 2009.

"Nós sobrevivemos o Cycles Cross (cruzamento dos ciclos). Preciso controlar minhas emoções..."
--Stan Goldstein, Psy.D, Psicólogo Clínico aposentado pela Majestic. Vice-Presidente Administrativo do Fórum Eagles

9) Nenhum almoço grátis

Contudo, a Linha do Tempo 1 ainda apresentará problemas. No resto desse relatório detalharemos isso, da melhor forma que sabemos ou entendemos. Isso pode ser subdividido e examinado como se segue:

• Aumento dos níveis do mar e distúrbios nos padrões climáticos.
• Picos dos pulsos eletromagnéticos (EMP) causados pelo aumento da atividade solar (Ciclo Solar 24).
• Instabilidade geopolítica e riscos de conflitos.
• Instabilidade econômica e possível colapso de mercados.
• Pandemia global.
• Problemas políticos e sociais nos Estados Unidos e em toda parte.
• 'Planeta X'.
• Falsa "invasão alienígena".

 

Conforme declarado acima, a "Surpresa de Outubro" não se materializou, nos deixando com a forte possibilidade aparente de que agora estamos numa nova variação da Linha do Tempo 1, e com eventos desconhecidos pela frente. Se esse eventos desconhecidos são notícia boa ou se são coisas que não queremos experienciar, ainda não se sabe.

A continuidade deste artigo analiza e examina as possibilidades, mantendo os tópicos no 2008 article and opposite.

 

10) Aumento dos níveis do mar e distúrbios nos padrões climáticos

A calota polar da Groelândia está derretendo a um ritmo acelerado, desafiando estudos e cálculos anteriores. Alguns climatologistas, devidamente alarmados, estimam agora que os níveis do mar podem aumentar em até 2.74 metros nós próximos anos.

Apesar de parecer pouco, comparado com o tamanho do planeta, 2.74 metros é o suficiente para devastar regiões litorâneas e forçar centenas de milhares de pessoas a se realocarem, criando crises de refugiados sem precedente, e todos os problemas associados como: falta de comida e água, ameaças de doenças, e conflitos locais - para não falar de maiores efeitos econômicos na produção industrial e infra-estrutura ao redor do mundo. Algumas nações inteiras, como as Maldivas, simplesmente deixarão de existir.

Nós temos encorajados amigos nossos que vivem na Florida a considerarem se realocarem. Outras áreas, obviamente, são similarmente vulneráveis. Os fatores a serem considerados aqui são os de que mesmo que você não seja diretamente afetado pelo mar, e viva a quilómetros (ou centenas de quilómetros) de distância, o país ou área onde você vive pode sofrer um efeito dominó em termos de economia, estrutura, abastecimento de comida, ou imigração de grande número de pessoas para onde você esteja. E tudo isso pode ou irá afetar sua vida consideravelmente.

É preciso que se faça um acompanhamento mais próximo ao passo, que se faça mais pesquisas no setor público (e está sendo feito agora, com grande urgência). Caso o aumento do nível do mar não ocorra, obviamente todos os fatores acima não se aplicarão.

Mas, os padrões climáticos continuarão tornando-se mais instáveis com o aceleramento do aquecimento global - causado por aumento da atividade solar, e NÃO por emissões de carbono. Um clima mais quente significa oceanos mais quentes - também aquecidos pelo aumento de atividade vulcânica submarina (vide Ciclo Solar 24 abaixo).

Oceanos mais quentes significam mais furacões, tufões e ciclones (todos a mesma coisa) - e também mais chuva. Alguns climatologistas discutem que o aumento na quantidade de chuvas significa aumento de neve em latitudes mais ao norte, e portanto, a possibilidade de uma paradoxal era do gelo em certas localidades, tais quais partes da Europa, Rússia e Canadá.

Nada disso vai interromper o andamento da civilização; mas os mesmos princípios se aplicam, quanto à grande probabilidade de haver migração em massa de pessoas forçadas ou querendo se realocarem, e efeitos na infraestrutura de produção de comida. E isso com certeza vai acontecer, já que o clima está se tornando cada vez mais instável, a nível mundial.

                                                                                       

Tem havido um extensivo e acalorado debate entre bons climatologistas autônomos sobre o que está acontecendo com o clima no mundo - e, diretamente relacionado com isso, o que o sol está fazendo (ou não fazendo) nesse momento.

Apesar de não ter sido amplamente divulgado pela grande mídia, o clima nesse último inverno (2008-9) foi de extremo frio tanto na América do Norte, quanto na Europa. Com baixas temperaturas e altíssimos níveis de precipitação (chuva e neve). Isso não correspondeu ao que muitos estavam esperando.

Uma pessoa que realmente esperava isso foi o Dr. Bill Deagle. Observem um trecho de sua palestra no Forum de Granada em 2006:

Perda do Efeito Escalator: tem havido uma diminuição de 30-35% na Corrente do Golfo, levando águas quentes do Golfo do México para o norte da Europa. Nós não estamos caminhando em direção a um aquecimento global. Estamos caminhando em direção a uma era do gelo. Uma era do gelo não é causada por resfriamento. É causada por aumento constante de chuvas. Por acaso alguém notou que o nível de chuvas em certas áreas tem aumentado bastante, enquanto que outras áreas estão se desertificando? Chuva no Hemisfério Norte pode causar nevascas de até 30 metros ao ano... e a propósito, essas eras do gelo acontecem muito rapidamente: de 3 a 5 anos. Não significa que seja o fim da civilização. Mas significa que vários lugares não serão muito habitáveis. (Parte 1, 1:06:18)

Robert Felix, aborda idéia similar em seu controverso site de previsão do tempo Ice Age Now (Agora Era do Gelo).

Mais interessante ainda, e algo que ainda não havíamos relatado; nossa fonte não identificada (veja item 5 acima), que nos deu detalhes de sua experiência com o chronovisor, nos contou que ele "havia sido informado pelos seus contatos da CIA que uma era do gelo estaria a caminho".

11) Picos dos pulsos eletromagnéticos (EMP) causados pelo aumento da atividade solar (Ciclo Solar 24)

O Ciclo Solar 24 começou oficialmente em 04 de Janeiro de 2008 - caminhando gradualmente e ininterruptamente ao seu máximo previsto para... 2012. É importante ressaltar aqui que existem suficientes evidências de domínio público constatando que o Ciclo Solar 24 terá efeitos severos osobre o planeta.

Tudo o que fazemos aqui no Planeta Terra depende, ou está relacionado ao Sol. Se o Sol começar a comportar-se mal, nenhum de nós escapará aos efeitos. O Project Camelot foi procurado no meio de 2007, por um cientista de renome mundial (cujo nome seria reconhecido por muitos leitores), que trabalha contratado pelo governo dos EUA e opera sob autorização Top Secret. Ele nos contou que um dos problemas que enfrentaremos nos próximos anos ("começando em 2009") seria algo chamado CME (Coronal Mass Ejection) - em português Ejeção de Massa Coronal. E ele comparou isso com o grande evento solar de 1859.

Em 1859, aconteceram auroras espetaculares em todas as latitudes; mas na época, o mundo não dependia de eletrônicos. Hoje, um evento desses, desabilitaria comunicações, satélites, frotas inteiras e, se for suficientemente severo, fritará todos os chips e circuitos que não estiverem adequadamente protegidos. Isso seria uma importante e real ameaça.

O perigo aqui não é para as pessoas, mas sim para a infra-estrutura. Um evento desses nos "enviaria" de volta à 1800. A única diferença é que a maioria de nós não faz a mínima idéia de como viver sem eletrônicos, veículos, ou até mesmo água encanada. Como dito antes, é um problema a nível de infra-estrutura: sem eletrônicos = sem bombeamento de gás e água, sem eletricidade, sem comida (a não ser aquela cultivada localmente). O que significa que muitos de nós estariam com um problemão.

A boa notícia é que se um CME estivesse a caminho, nós todos seríamos avisados com 6 a 48 horas de antecedência - como se fosse um tsunami solar. O que nós daria tempo suficiente para proteger nossos eletrônicos: embrulhando-os em papel alumínio e panos, e/ou enterrando-os no solo ou colocando-os num porão fundo.

Note, porém, que no caso de um EMP severo (picos de pulsos eletromagnéticos do sol), todos os veículos e motores seriam desabilitados, a não ser que fossem motores antigos movidos à diesel. Henry Deacon também nos aconselhou repetidamente, a aprender a operar um rádio amador - que na pior das hipóteses pode ser a única maneira de comunicação à distância.

Várias pessoas que acompanham nosso site, perceberão que isso condiz perfeitamente com o testemunho de Dan Sherman, militar norte-americano treinado em telepatia como parte do Project Preserve Destiny - em preparação, como ele explicitamente disse, "para um futuro onde todos os meios de comunicação eletromagnéticos se tornarão inúteis".

Nós NÃO sabemos se isso foi previsto através da utilização de tecnologia de portal do tempo, como também não sabemos a maneira como o cientista citado acima soube do problema com o CME que supostamente está para acontecer. Ele não nos respondeu quando perguntamos especificamente sobre isso, e simplesmente desculpou-se por não poder falar mais sobre o assunto.

Ele disse que nós devemos esperar "tempos bem difíceis pela frente". "Normalmente não falo com o público desta maneira", relatou por escrito. "A maioria das pessoas não consegue lidar muito bem com a verdade  brutal".

Essa mesma pessoa, também afirmou, claramente, que haverá uma mudança de pólo em 2012. Mas ele não sabe se isso foi evitado (veja item 7 acima). Ou talvez isso não tenha sido evitado! Não é possível saber exatamente quais os "tempos bem difíceis" a que ele estava se referindo... mas é possível tentar adivinhar.

Nossa melhor avaliação sobre isso é a de que definitivamente parece existir o risco de um pulso solar suficientemente expressivo (o que Ed Dames chamou de O Tiro Mortal) que interromperia nossa infra-estrutura, transporte e portanto, a distribuição de alimentos. De acordo com o que muitos dizem, seria inteligente que nós nos preparássemos com pelo menos o básico de auto-suficiência emergencial.

Como uma nota final, precisa ser dito que alguns cientistas estão relacionando atividade solar com atividades tectônicas e geotermais, ou seja, vulcões, terremotos e consequentemente, tsunamis. Se essas casualidades forem válidas, as mudanças na Terra previstas por tantos, podem ser que sejam desencadeadas por ninguém menos que nosso amigo (ou não tão amigo) Sol.

                                                                                       

ísicos solares do setor público ainda discutem se a atividade solar aumentará drasticamente ou não. Esse interessantíssimo artigo da Novo Cientista de 23 de Março de 2009, afirma muito claramente a existência de uma ameaça em potencial, de acordo com alguns cientistas famosos.
 
O pesquisador Mitch Battros resume a situação Earth Changes Media (Mídia Mudanças na Terra)- (01.04.2009):

Conversas e deliberações entre cientistas solares tem instigado preocupação já que continuamos passando por um período de mínima solar. Não foram observadas manchas solares em 266 dos 366 dias do ano.

O que isso significa? Estamos passando por um período de resfriamento, e talvez esse seja o começo de uma mini era do gelo? Ou esse é o silêncio que precede a tempestade? A última vez que tivemos tão baixas ocorrências de manchas no sol foi em 1913, com 311 dias sem manchas.

Porém, não se enganem -- assim como já aconteceu antes, podemos ser ludibriados por uma sensação de alívio, pensando que escapamos de outra. Alguns observadores sugerem que o Ciclo Solar 24 tinha atingido seu mínimo em 2008, mas a contagem de manchas solares em 2009 foi ainda menor. No dia 31 de Março não haviam manchas solares em 78 dos 90 dias do ano até então.

Mas não nos esqueçamos que cientistas da NASA, Agência Espacial Européia, do Observatório Real e também das melhores universidades, previram em quase unanimidade que o Ciclo 24 vai ser até 50% mais forte que seu predecessor.

Tecnologia moderna, porém, não consegue prever com exatidão o que está para acontecer. Diferentes modelos apresentados por dezenas de físicos solares discordam entre si sobre quando a máxima deste ciclo solar acabará e o quão grande será a próxima máxima solar. A grande incerteza provém de um simples fato: ninguém entende completamente as entrelinhas da física das manchas do ciclo solar.

Atualização, 7 de Abril:  Fomos contactados pela esposa de um engenheiro elétrico que foi oficialmente informado sobre uma importante ameaça à infra-estrutura a ocorrer num futuro próximo.

Acreditamos que essa informação seja verdadeira e importante, mas perdemos contato com essa pessoa. Portanto, estamos publicando aquilo que temos - com muitas questões não respondidas. Esta é a primeira mensagem que recebemos, em 27 de Março de 2009:

Olá B & K
 
Meu marido é um engenheiro elétrico de uma empresa nacional de geração de energia (EUA). Ele acabou de ser informado que eles estão esperando um evento para os próximos 3 ou 4 anos, que inutilizará todos os transformadores do mundo. Eles estão tentando achar uma solução para o problema desesperadamente. Se não conseguirem, todo o sistema elétrico do mundo cairá. Eu sei que isso está relacionado com parte da pesquisa de vocês. Vocês ouviram falar disso?

Em resposta às minhas perguntas, ela escreveu:

Oi Bill: Meu marido está viajando, trabalhando nesse problema, e eu não tenho como entrar em contato com ele. Não é permitido carregar telefone celular no trabalho dele. Vou confirmar isso com ele na próxima vez que nos falarmos, mas tive a impressão que definitivamente vai acontecer. Ele mencionou algo sobre nuvens eletromagnéticas no espaço para o qual a Terra está flutuando. Eles estão sobre uma pressão inacreditável para achar uma solução. Meu marido é um engenheiro, um homem de lógica racional. Mas essa notícia o perturbou extremamente.

Por favor, clique aqui para ler a correspondência na íntegra, e toda a informação que conseguimos obter.

Atualizacão 28 de Abril

Fontes adicionais:


Duas importantes e detalhadas pesquisas feitas pelo cientista nuclear e engenheiro James A. Marusek:

Análise da Ameaça de uma Tempestade Solar (29 páginas, 2007)
Existem dois caminhos a frente; ambos marcados com um sinal de 'Perigo' (5 páginas, Abril de 2009)

Existem dois caminhos diante de nós. Ambos sinalizados com uma placa escrito "Perigo"!

Em um desses caminhos encontram-se monstruosas tempestades solares. A maior ameaça seria a destruição de muitos dos grandes transformadores de energia EHV (Extra Alta Voltagem). Esses itens são únicos, caros (cerca de 10 milhões de dólares cada) e demoraria mais de um ano para manufaturar-se outro para reposição.

No outro caminho encontram-se muitas décadas de frio arrasador e fome global.

• Um livro virtual grátis chamado Severe Space Weather Events - Understanding Societal and Economic Impacts (Eventos de Tempo Espacial Severo - Entendendo os Impactos Social e Econômico. Em inglês)

• Dois artigos veiculados na grande mídia aqui e aqui que condizem com o nosso relato sobre o electrical engineerque havia sido informado sobre problemas de grande amplitude com fornecimento de energia que são esperados em 3 ou 4 anos. Esse trecho do ABC News feature chamou nossa atenção:

O resultado direto de uma tempestade espacial seria a queda da grade elétrica, segundo o relatório.

John Kappenman, um analista da Metatech Corporation, uma companhia que estuda os efeitos de interferência eletromagnética em sistemas de energia, diz no relatório que transformadores danificados levam um longo tempo para serem reparados.

Ele diz que em casos (bem documentados) envolvendo falha nos transformadores da grade do sistema elétrico devido à aquecimento, demorou-se no mínimo 12 meses para repor as unidades danificadas.

• Uma entrevista com John Kappenman, autor do  "Metatech report" mencionado pela ABC News acima. O título da entrevista é O Apocalipse Geomagnético - E Como Pará-lo (em inglês).


12) Instabilidade Geopolítica e riscos de conflitos

Aqui, o inimigo do homem pode ser o próprio homem. Existe vasta evidência da clara intenção de um ataque militar (longamente planejado) dos EUA contra o Iran, justificado de diversas maneiras, mas a maioria delas sem real fundamento. Isto é realmente preocupante, e os últimos meses de George Bush na presidência podem ser os mais perigosos - assim como o perigo que um tigre encurralado pode oferecer.

É difícil avaliar isso. Há algumas provas de que um ataque contra o Iran foi planejado para o verão passado, mas pode ter sido evitado por um grupo de bravos, porém desconhecidos oficiais da Força Aérea Americana em Barksdale. Em sincronia com isso, vários apostadores do mercado de ações (anônimos mas expressivos), apostaram $4.5 bilhões de dólares na drástica queda dos mercados a acontecer antes de 21 de Setembro de 2007. Isso não aconteceu, e eles perderam a aposta. Não houve ataque, não houve guerra. Talvez tenhamos sido poupados, assim como muitos acreditam.

É importante perceber que existem muitos jogos sendo jogados por detrás das cortinas. Somos obrigados a ser vagos sobre o que podemos dizer aqui, mas nós SABEMOS que nem todo mundo em Washington ou no Pentágono quer uma guerra nuclear.

A EIN (Estimativa da Inteligência Nacional) publicada em 2 de Dezembro de 2007, afirmava que o Iran não era uma ameaça, foi uma tentativa de desarmar as armas de Bush e acabar com qualquer justificativa para um ataque. Não podemos revelar detalhes, mas SABEMOS que isso é um fato.

Logo depois, Benazir Bhutto foi assassinada. Existem razões fortes o suficientes para acreditar que ela foi "removida", já que um de seus maiores objetivos era o de evitar que acontecesse qualquer outro conflito entre o Paquistão e a Índia.

A única conclusão aqui é a de que a situação no Oriente Médio continua instável e perigosa. Deve-se compreender que existem facções - veja (2) acima - que podem querer que exista um intercâmbio nuclear.

Os motivos dessa insanidade (a única palavra que pode ser usada para isso) são incertos. Pode ser porque isso pode ter sido "visto" (através de tecnologia de portal do tempo) e portanto deve tornar-se realidade; pode ser bíblico (a coisa do Apocalipse/Armagedom). Pode ser uma tentativa de redução da população. Por outro lado, pode ser instalada uma Lei Marcial (nos EUA e em outros países) devido ao mundo se tornar 'nuclear' novamente..

 

Nosso contato e fonte George Green ainda está muito preocupado com a possibilidade do 'Governo Secreto' estar tentando começar uma 3º Guerra Mundial. Ele discutiu isso com alguma profundidade na sua recente apresentação apresentação em Vilcabamba.

Outros - incluindo nós mesmos - sentem que agora as situações (veja abaixo) são mais provavelmente  de âmbito econômico. Tudo caminha para uma segunda Grande Depressão econômica - segundo muitos informantes têm alertado.

O recente documentário de Alex Jones, A Decepção Obama discute isso bem profundamente. Com o passar do tempo, os eventos nesse artigo podem muito bem tornarem-se claros como cristal, de uma maneira ou de outra. Mas, para aqueles que estão nos lendo logo após a publicarão deste artigo (final de Março de 2009), recomendamos expressivamente o documentário de Alex Jones pelo seu conteúdo muito bem pesquisado e pelos críticos alertas nele contidos.

Tem escrito-se muito sobre Obama, com a mídia alternativa fortemente inclinada ao criticismo e dubiosidade séria. Nossa posição continua exatamente conforme declaramos aqui (Segundo Arquivo, 5 de novembro de 2008):

Barack Obama é o novo Presidente-eleito dos EUA. Agora, todos nós teremos que ver se ele é quem diz ser. Mas com conselheiros como Zbigniew Brzezinski, George Bush Senior, e Bill Clinton - e tendo sido preparado para a tarefa durante dois anos por uma outra facção da Nova Ordem Mundial (New World Order) - sentimos que o futuro é bastante nebuloso. Tomara nos surpreendamos e que estejamos errados.

Nós também revelamos na nossa apresenrtação em Vilcabamba que uma fonte confiável havia nos relatado que quando ele conheceu Obama no começo dos anos 80, lhe pareceu bem claro que ele sabia que viria a ser Presidente, mesmo sendo muito jovem então, com vinte e poucos anos de idade.

Se Obama realmente sabia disso, existe ao menos uma tentativa honesta de alinhar isso com nossa tese de que recentemente mudamos de linha-do-tempo, já que Hillary era prevista para ser a Presidente de acordo com informação referente a Linha do Tempo 1, Variante 83. Por outro lado, nós também fomos informados por um contactee (pessoa que tem/teve contato com extra-terrestres), que teve contato com os Pleiadianos aos 12 anos de idade (em 1974), de que o Presidente em 2012 seria... Obama. Essa pessoa escreveu o nome num papel, já que nunca havia ouvido falar de Obama, e nos contou sobre isso no ano passado... quando Obama ainda nem havia sido nominado pelos Democratas.

Enquanto isso, Henry Deacon tinha nos contado em outubro - e nós nunca publicamos isso até então - que ele havia lido num relatório, anos atrás, que "algo incomum aconteceria na última hora" (mas ele não conseguia lembrar-se o que seria isso), e que tal fato resultaria em Hillary Clinton tornando-se presidente aos "45 do segundo tempo", apesar de ela já até estar fora da jogada.

Então, o que temos aqui? Estariam todos esses relatos simultaneamente corretos? Suspeitamos que sim. A natureza intrigante e desconcertante da interação entre linhas-do-tempo de realidades paralelas nos leva à forte possibilidade de que todos esses eventos são possíveis, e de alguma maneira "reais". E portanto, também é possível visualizá-los, fisicamente ou através de diversas formas de tecnologia avançada que utilizam interfaces de realidade multidimensional, guiadas pelas habilidades optimizadas do observador consciente.

13)  Instabilidade econômica e possível colapso de mercados

Qualquer uma das situações acima ocasionaria instabilidade econômica ou até mesmo um colapso. Mas como a economia dos EUA já está falida, apresentando um Produto Interno Bruto de 14 trilhões, e uma dívida de 120 trilhões. A queda no mercado de ações em 22 de Janeiro foi o começo (a nosso ver) de um período de instabilidade e falta de confiança a nível global, que levarão ao inevitável colapso do dólar e, consecutivamente, ao colapso da libra e do euro.

O colapso mais brusco acontecerá assim que uma grande corporação ou banco dos EUA anunciar que foi obrigado a fechar as portas. Entendemos que isso acontecerá em questão de semanas ou meses.

Conversamos com o ex-banqueiro e formador de opinião George Green sobre isso. Ele previu a queda do mercado de ações no meio de Janeiro (o que nos impressionou) e disse que além de estar procurando terras para comprar na América do Sul (assim como muitas pessoas que estão "por dentro da estória" estão fazendo, segundo ele), ele está vendendo todos os seus bens e também comprando moedas de prata.

George nos disse que a prata (neste exato momento cotada a 16.50 dólares a onça) [Nota: Onça, ounce em inglês = 28,35 gramas] é o metal a se comprar - por estar relativamente barato quando comparado ao ouro e por existir uma falta de prata a nível mundial. A prata é usada e necessitada industrialmente em uma variedade de maneiras. Ele afirmou que a prata vai subir para 40 dólares a onça e possivelmente chegar à casa dos 100 dólares por onça. Estamos acompanhando essas previsões de perto.

Moedas de ouro e prata que as pessoas possuem são a melhor forma de moeda de troca. Possuir barras de ouro e/ou prata num cofre de banco (ou pior, possuir um papel dizendo que você é dono da barra física) não adiantará de nada se o banco estiver fechado e você não tiver a chave.

                                                                                       

Bem, estávamos certos sobre isso: vide coluna à esquerda. E essa previsão (veja [12] acima) continua nos preocupando e a muitos outros também.

Muitas pessoas têm referido-se à queda dos mercados financeiros globais, que começou devagar e segue acelerando, como um tipo de implosão controlada da economia global. Primeiro detona-se os explosivos, nos momentos seguintes o prédio ainda parece estar intacto... mas seu destino já está selado. Como as torres do World Trade Center em 9/11, quando nos dermos conta, não haverá nada mais além de choque e trauma, que deverá durar por anos.

As vantagens de um estratagemas como estes são óbvias: com o colapso dos mercados, negócios e instituições vão a falência, bem como a infra-estrutura (como as cadeias de fornecimento de comida e energia). Além disso ocorre também um aumento no controle governamental sobre os cidadãos - e talvez até mesmo controle militar sobre as multidões nas ruas - e tudo isso se torna justificável. Como David Icke descreve: problema-reação-solução. E talvez (veja [12] acima) isso também resulte numa bonita desculpa para outra "guerra de distração", que distrairá a população através de problemas transmitidos pela televisão aos telespectadores previamente preocupados apenas com suas finanças pessoais.

Enquanto isso, George Green (vide coluna no lado esquerdo) de certa maneira estava certo sobre a prata, que chegou à máxima de 21 dólares a onça em 17 de Março de 2008, sete semanas após publicarmos nosso artigo 2008. Então, olhando para trás, teria sido a hora certa de vender. A cotação do ouro e da prata estão aumentando novamente agora, com o ouro saindo na frente. Todos os conselhos que oferecemos sobre comprar ouro e prata - para aqueles que tiverem condição de fazê-lo - ainda são válidos.

Muitos leitores se familiarizarão com o testemunho de Lindsey Williams, que ainda não entrevistamos. Em nota, Lindsey relatou em Julho de 2008, quando o petróleo valia acima de 140 dólares o barril, que ele havia sido informado (por fontes internas) que o preço seria "armado" para cair para menos de 50 dólares o barril, antes da eleição presidencial de Novembro (nos EUA). Na época isso parecia impossível de acreditar... mas foi exatamente o que aconteceu.

Lindsey afirma ter sido informado de que o plano era para levar as nações produtoras de petróleo do Oriente Médio à falência, enfrentando um declínio catastrófico em suas receitas. Assim, elas seriam forçadas a desfazer-se de suas reservas de dólares... o que por conseguinte, teria um efeito devastador na economia América e depois, na global. A fase final, de acordo com Lindsey, está em progresso, é impossível de parar, mas ainda não aconteceu.

Lindsey afirma especificamente que uma das mais detalhadas e informativas entrevistas que ele deu (ao The Byte Show)ainda não está protegida por direitos autorais (copyright) e portanto ainda não veio à público. Para aqueles acompanhando os alertas econômicos de George Green e Bill Deagle, recomendamos que escutem a essencial atualização de Lindsey Williams as essential listening.para informação mais detalhada.

14) Pandemia Global

A gripe aviária não é uma farsa. É uma ameaça genuína, e facilmente poderia instigar uma Lei Marcial. Vôos internacionais poderiam ser interrompidos, e uma pandemia real poderia ser usada como desculpa ou razão para impedir que pessoas façam vôos domésticos também.

A infra-estrutura também seria dizimada porque quase ninguém, quiçá ninguém, arriscaria ir trabalhar e milhões poderiam morrer - muito pior do que em 1918. Em 1918, a gripe - que também era gripe aviária - foi de 5 a 10% letal. Em 2008 é 60% letal.

Dr. Bill Deagle afirma na palestra que ministrou no  Fórum de Granada em Dezembro 2006 que ele está seguro de que os Controladores fabricaram H5N1 (seu nome científico) a partir do vírus de 1918, deliberadamente pretendendo matar entre 1 e 2 bilhões de pessoas. Henry Deacon nos afirmou que ele fez parte de reuniões onde programou-se a liberação de agentes patógenos com o objetivo de redução da população.

Por outro lado, Dan Burisch, em resposta a isso, declarou explicitamente:

Estou agora (ficou sabendo nos últimos meses) sabendo que tais ações foram contempladas, no passado, por representantes dos Illuminati. Tais ideias nunca deram frutos, não porque eles amam a humanidade, mas porque julgaram ser contra-produtivos a eles mesmos. Eles também haviam sido ameaçados caso tentassem qualquer ação daquela natureza.

Algumas facções, durante o período em que os Illuminati consideravam tais ações, estavam preparando uma contenção de tais ações através do uso de biólogos, aplicação da Lei Federal, e até mesmo uso de força quando necessário. No momento existe vigilância 24 horas por dia, 7 dias por semana. E isso é tudo o que posso dizer publicamente sobre essas questões. Estou me "extendendo" somente até aqui... mas vocês têm o direito de saber.

Independente da gripe H5N1 ter sido fabricada, ela está acontecendo. A gripe aviária afeta 90 países nesse momento (Janeiro de 2008) e a única razão pela qual não está se alastrando é porque as pessoas estão morrendo muito rapidamente - assim como com o vírus Ebola. Seria necessário apenas duas mutações do vírus para ela começar a ser transmitida de humano para humano, e se isso acontecer, basta algumas poucas pessoas viajarem carregando o vírus. Se tudo isso acontecer, tudo isso se tornará bastante importante ao considerar qual estratégia será tomada.

Precisamos considerar que uma Lei Marcial possa ser adotada. Um falso alerta de outro 9/11 é uma coisa, mas uma pandemia é bem diferente. Desta vez, os Controladores podem estar muito mais propensos a a tomar ações invisíveis para assegurar seus ideais, ao invés de outro 9/11. Vírus não podem ser analisados em replays de videotape... mas são reais da mesma maneira. A gripe aviária não é um truque.

Atualmente, segundo cálculo feito pelo Centro para Controle de Doenças em Atlanta. as chances da gripe aviária tornar-se pandêmica em um ano são de 30%. Se uma pandemia (epidemia global) ocorrer, a América do norte pode estar isolada pelos Oceanos Pacífico e Atlântico, enquanto que a Europa pode estar em maior perigo (sendo mais densamente populada e também diretamente conectada com o Oriente Médio, onde as possíveis mutações do vírus são mais prováveis de ocorrer).

Mas, nesse caso, podem-se esperar medidas draconianas tanto nos EUA como em outros países para controlar ou isolar a ameaça do vírus. Essa pode ser uma das razões pelas quais a América do Sul está sendo considerada um paraíso seguro para muitos das pessoas envolvidas no "lado de dentro da informação".

 

ssim como a guerra do Iran (e a presidência de Hillary Clinton), isso também não ocorreu. Porém, muitos observadores bem informados (tais como o Dr. Rima Laibow e o General Bert Stubblebine da Fundação de Soluções Naturais) sentem que a ameaça ainda é real, e estão em alerta.

Nosso contatot Jake Simpson concorda, e nos disse em Outubro de 2008 que uma irrupção do vírus pode ser facilmente usada como justificativa para fechar as fronteiras de um país ou controlar (ou até mesmo parar) o tráfego aéreo internacional.

Atualizacão, 28 de Abril:

"Pode ser que o martelo tenha sido batido."
-- Dr Bill Deagle, em entrevista com Jeff Rense, 24 de Abril de 2009

Enquanto escrevemos essa atualização, estamos acompanhando de perto o surgimento da gripe suína no México. Existem vários artigos muito bem escritos aqui Rense.com, e a entrevista de 24 de Abril com o Dr. Bill Deagle está aqui. Clique aqui para a conversa de Alex Jones com Bill Deagle e com o pesquisador sobre a Nova Ordem Mundial, Steve Quayle em 27 de Abril.

Deagle e Quayle estão 100% de acordo que o surgimento da gripe suína no México em Abril é apenas o começo de muitas outras "ondas", e uma dessas será a "principal".

Ambos afirmam que um bom tempo atrás haviam sido informados que uma pandemia em potencial havia sido planejada. Na Parte 1 da Paletra de Bill Deagle no Fórgum de Granada de 2006, ele aprofunda-se nisso consideravelmente.

Enquanto isso, em 30 de Março de 2009, uma informante chamada "Mary", em uma ligação para o The Power Hour (programa de rádio dos EUA, similar ao nosso A Hora do Brasil, que entra na frequência da maioria das grandes estações durante uma hora todos os dias), informou detalhadamente que o Departmento de Segurança Interna estaria aparentemente se preparando para uma pandemia. Se você ainda não escutou isso, recomendamos veemente que escute. Temos recebido confirmações de que essa informante parece ser genuína.. A convidamos, se ele quiser, a entrar em contato conoso em plena confidência. 

   Clique aqui para o vídeo do YouTube (audio com imagens)..
   Clique aqui para o arquivo MP3.
   Clique aqui para a  transcrição da ligação.
   Clique aqui para uma análise detalhada da situação. (NOTA: meu computador travou imediatamente quando tentei acessar essa página pela primeira vez. Depois de várias tentativas, consegui converter o texto em um PDF. Clique aqui, leia, arquive, e compartilhe esse arquivo.)
   Clique aqui e aqui para o relatório do Dr Rima Laibow's sobre o surgimento da Gripe Suína.

Note também que após profundas conversas telefônicas e em pessoa com o informante Jake Simpson, nós publicamos o seguinte trecho em Janeiro de 2009:

Mais imediato, disse Jake, era a ameaça da liberação voluntária de vírus... Isso desencadearia uma quebra da infra-estrutura mundial, causaria caos, e tornaria as população mais fáceis de controlar.

Jake previu existir uma boa possibilidade de acontecer um repentino e rápido surgimento de vírus extremamente perigosos a nível internacional no final de 2009, ou começo de 2010 (vírus esses criados pelo homem ou não). Ele enfatizou que anúncios de uma pandemia global estariam sujeitos a surgir do nada em questão de poucas horas, e que seria inteligente estarmos preparados. Ele destacou que alguns países poderiam entrar em quarentena rapidamente, amplamente implicando viagens internacionais e controle de portos e aeroportos.


15) Problemas políticos e sociais, no EUA e em toda parte

Os seguidores de Alex Jones e Jeff Rense foram informados há algum tempo, de que há fortes razões para acreditar que podem existir repressões graves às liberdades civis nos Estados Unidos em um futuro relativamente próximo.

Isso não pode acontecer sem uma desculpa (ou uma razão convincente o suficiente para a população aceitar). Sendo assim, a especulação predominante tem sido sobre qual o próximo movimento que se deve esperar dos Controladores. Bill Deagle declarou possuir informacão de que há malas de armas atômicas pré-plantadas em 22 cidades americanas, preparadas para um outro evento 'clandestino' (como 9/11, apenas maior, mais chocante e dramático). Isto pode ser preciso ou não, mas revela a possível linha de pensamento dos Controladores.

O Projeto Camelot tem uma fonte, ainda não publicada por nós, que esteve envolvida nos experimentos de Montauk, no início dos anos 80. Essa pessoa tem falado, por vários anos, sobre o que ele chamou de "O cenário do Rei George", no qual George Bush permaneceria na presidência devido à uma (falsa e armada, porém convincente) Emergência Nacional. Estavamos nos aproximando disso em maio de 2007.

Espantosamente, nossa fonte insiste que isso tinha sido planejado nos anos 1980 - antes de se imaginar a possibilidade de que George W. Bush fosse, sequer, alcançar a presidência. Além disso, ele datou esses eventos como estando sincronizados com a escassez e distúrbios na distribuição de alimentos nos Estados Unidos.

Não publicamos esse material em 2007, já que nenhum distúrbio por causa de fornecimento de alimentos parecia estar prestes a ocorrer e fomos obrigados a questionar a precisão da informação. O pesquisador e especialista em suprimento de alimentos Steve Shenk, contudo, relatou recentemente que a escassez de alimentos, ligadas a seca e a queda das colônias de abelhas, são prováveis. Isso pode ser ainda uma outra razão para não se ficar preso, na hora errada, em uma grande metrópole.

Outras razões para desordem civil e/ou Lei Marcial já foram detalhadas acima: ataque nuclear (seja encenada ou 'real'), ou estado de quarentena no meio de uma real pandemia.

Finalmente, devemos dizer que em recente análise sobre a Timeline 1, através do portal do tempo, conforme (7) acima, nos foi dito que George Bush não ficará no poder - cedendo a presidência para Hillary Clinton. Gostaríamos de dizer que você ouviu isso em primeira mão... mas provavelmente não.

                                                                                         

Veja [12] acima, onde discutimos isso - muito possivelmente, nesse momento, a situação deve continuar se deteriorando, agravada por críticos problemas econômicos globais.

16) 'Planeta X'

E por último, mas não menos importante! Devemos dizer que ainda não sabemos o que dizer sobre isso. Acreditamos ser bastante provável que haja um objeto gigante (algum tipo de objeto, seja um planeta rochoso, um "segundo sol", ou até mesmo um pequeno buraco negro) que está traçando uma órbita excêntrica e que está sendo monitorado de perto pelo IRAS e pelo Telescópio do Pólo Sul. Mas o que isso significa, não sabemos, e ainda não recebemos informação confiável de nenhum informante.

Estamos cientes de muitas pessoas inteligentes que têm pesquisado esse assunto e têm concluído que é bem provável que haja algo grande acontecendo nesse sentido - como se houvesse uma bola gigante rolando através do Sistema Solar, algo que acontece a cada 3.600 anos (de acordo com alguns). Este objeto parece realmente existir e parece estar fazendo sua parte influenciando o Sol a novos níveis de atividade, através de ressonância eletromagnética e outras forças (veja 11 acima).

Mas, se isso é o precursor de algum tipo de destruição (ou o precursor dos Anunnaki, segundo alguns) também não estamos habilitados a responder à essa pergunta. Nossa fonte Norwegian politician source, que nos relatou de acordo com sua experiência pessoal, um cenário onde planeja-se evacuar 40% da população norueguesa para o subsolo em 2012, devido à "chegada do Planeta X". Mas não nos ofereceu detalhes, muito menos específicos, e na verdade, ele alegou não possuir nenhum tipo de informação concreta sobre a razão pela qual essas precauções (reais e extensas segundo ele) estariam sendo tomadas.

"O Planeta X" foi apenas o que ele ouviu dizer. Estamos convencidos da existência das bases subterrâneas, mas não da razão pela qual elas existem. Achamos ser muito mais provável que a troca de pólo prevista para 2012 foi a justificativa para essa imensa atividade secreta.

É até mesmo possível que o Planeta X será desinformação. Não a existência desse "objeto hipergravitacional" (termo usado por Bill Deagle), mas seus prováveis efeitos.

Nossa posição, como sempre, é nos mantermos abertos para coletar mais informação de todas as fontes. E algo que virá com 2008 será: mais informação. De todas as probabilidades e possibilidades discutidas nessa página, a maior vantagem é que aprenderemos muito mais sobre tudo isso nos próximos meses.

 

Marshall Masters, com quem nos estamos mantendo ótimo contato, continua relatando sobre esse tópico em seu website, muito compreensivamente por sinal, yowusa.com.

Durante o verão de 2008, pesquisamos, porém, não publicamos os depoimentos de Steve Woods (um possível informante sobre o tema "Planeta X"), e concluímos que ele era uma farsa. Por outro lado, nos últimos meses do ano, fomos informados por um contato em conversa privada, que essas questões com o Planeta X seriam bem reais. Ele havia sido informado sobre isso através de um parente próximo, membro sênior da ordem dos Jesuítas.

Dr. Bill Deagle, na sua palestra durante o Fórum de Granada em 2006, também se refere à desconcertante aproximação de um objeto hiperdenso como uma realidade - e, importante, destaca isso como um problema não relacionado ao movimento cíclico do sistema solar em alinhamento ao plano galático. E Bob Dean, a quem conhecemos e amamos imensamente, nos contou, durante entrevista em setembro de 2008 interview, tes de que 'Nibiru' estava previsto para retornar ao redor de 2017.

Essa confusão - integrar a informação relatada por Bill Deagle, Bob Dean, Jake Simpson, Dan Burisch, Luca Scantamburlo Marshall Masters e muitos outros - pode ser alinhada pelos comentários de Henry Deacon, publicados no comecinho do artigo original de 2008:

Nosso amigo e importante fonte Henry Deacon em afirmado repetidamente, desde a primeira vez em que nos encontramos, que a questão é que há uma série de problemas convergindo, simultaneamente, que se combinam para criar uma situação global sem precedentes.

Além disso, muitas pessoas têm escrito para nós tentando adivinhar a identidade do político norueguês. Alguns adivinharam. Nós prometemos a ele que não revelaríamos seu nome em nosso site, mas a situação já está aberta na Noruega e muitas pessoas já tem conhecimento de detalhes.

Clique aqui, e após pesquisar um pouco você também saberá mais. Mas atenção: esse é um ninho de vespas, e se se mexer muito pode dar dor de cabeça. Nossa posição sobre isso é que as mensagens originais que recebemos dele são autênticas e confiáveis. Após viajarmos para Oslo para encontrá-lo em Fevereiro passado e ele não ter aparecido (apesar de termos conseguido verificar sua identidade e contatos), a questão se tornou um pouco mais nebulosa. Nos privaremos de qualquer outro comentário sobre isso.


17) Falsa "invasão alienígena"

O único motivo pelo qual incluímos este tópico é devido às discussões que têm sido geradas na internet sobre esta possibilidade, alguns se referem a isso como Projeto Blue Beam. Há muito para ler sobre o assunto, a grande maioria sendo especulações baseadas em muito poucas evidências ou testemunhos confiáveis (uma exceção seria o testemunho da Dra. Carol Rosin, em nome de seu velho colega e mentor Dr. Wernher von Braun).

O Projeto Camelot não possui informação sobre isso e não podemos emitir comentários neste momento. Esse assunto não foi mencionado por nenhuma de nossas testemunhas.

 

Não obtivemos nenhum outro conhecimento ou informação sobre isso... a não ser pelo que se segue. Em uma conversa gravada entre Henry Deacon, Michael St.Clair e nós, em Julho de 2008, o seguinte diálogo veio a tona durante a conversa, (transcrição completa aqui)...

Henry: E ainda existe a possibilidade de uma farsa - uma forte possibilidade, muito em breve - de uma invasão espacial armada... Kerry, não sei o que você viu. Mas pode muito bem ter sido um exemplo de uma das máquinas que foram construídas aqui mesmo.

Kerry: Ah sim. Eu senti isso, tenho que admitir, apesar de ela estar muito alta...

Henry: É. Então, com milhares delas voando sobre as cidades e áreas bastante populadas, e aí usando a mídia em massa, pode-se causar um grande controle psicológico sobre muitas pessoas.
Kerry: Certo. Mas, no final das contas, o que você acha que será o resultado de tudo isso?

Henry: Eles vão ser capazes de controlar as pessoas, para talvez colocá-las em... ah...

Kerry: Campos?

Henry: isso, exatamente.

...e aqui:

Bill: Quando você falou da falsa invasão alienígena. Nós realmente temos tantas naves próprias assim? E você realmente acredita que isso possa acontecer. Nunca ouvi você falar sobre isso antes.

Henry: Ah, sim. Respondendo à sua última pergunta: nós temos mais do que você... Eu não sei quantas nós temos, mas temos mais do que você poderia... Você se surpreenderia. Todo mundo se surpreenderia muito.

18) Conclusão

No início da página, observamos:

Nosso trabalho, todos juntos, é o de ajudar a raça humana a encontrar seu caminho através do campo minado de possíveis armadilhas, para emergir em um futuro melhor. Caminhar cegamente nesse campo minado, em nosso ponto de vista, é imprudente. É melhor ter, pelo menos, um mapa. Essa é nossa intenção aqui.

O resumo acima (na realidade é um sumário) marca a possível localização de algumas dessas minas. A maior delas, a mudança de pólo em  2012, pode muito bem ter já sido evitada. Essa é a boa notícia. Mas há muitos outros caminhos para, acidentalmente, terminarmos no lugar errado na hora errada. Por isso, um mapa do campo minado, não é uma má idéia.

A nossa intenção não é convencer ou persuadir, mas informar e realçar a habilidade de cada leitor para tomar decisões responsáveis por si mesmo e suas famílias.

Essa tem sido nossa posição desde o começo: relatar o que sentimos ser verdadeiro, potencialmente importante e, possivelmente, sub-relatado. O que quer que seja que façamos, estamos comprometidos com a verdade, mas sem qualquer dogma ou doutrina, além do fato de que a verdade vale por si só, para o melhor ou o pior. É do jeito que deve ser, como o mestre budista pacientemente explicou.

Nossos melhores conselhos:

• Olhe pra dentro de si, e informe-se a si mesmo e àqueles ao seu redor.
• Seja paciente com os céticos ou com aqueles que têm medo (geralmente a mesma coisa).
• Não siga nenhum líder.
• Esteja aberto e flexível para tudo.
• Crie e seja a mudança que você quer ver acontecer.
• Lembre-se que nós co-criamos o futuro a cada momento, dia após dia.

Algumas destas situações podem acontecer, enquanto outras não. O tempo resolverá quais. Nosso próprio compromisso é o de aprender o tanto quanto pudermos, e então compartilhar. Isso é o Project Camelot.

Bill Ryan
Kerry Lynn Cassidy
28 de janeiro de 2008


Clique aqui
para uma mensagem pessoal de Bill Ryan
Clique aqui para uma mensagem pessoal de Kerry Cassidy

 

 

Têm existido várias iniciativas, em toda a internet, propondo e organizando de diversos encontros, reuniões, meditações em grupo, e outras atividades coletivas com a intenção de prevenir eventos desfavoráveis e guiar-nos para resultados mais positivos.

Nós só podemos aplaudir todas elas. Nós encorajamos TODAS as atividades que têm como intenção genuína o melhoramento das condições da humanidade. Assim como temos frequentemente declarado publicamente, o Projeto Camelot é apenas uma parte de um enorme esforço conjunto mundial para mover o Planeta Terra para longe de possíveis "tempos ruins" que estão por vir.

Mas, algumas destas iniciativas são fundamentadas em falsas premissas. É importantíssimo afirmar que algumas questões podem confundir. E navegar pela net, sem filtrar o conteúdo, para tentar descobrir o que está acontecendo, é um convite a estar atolado em informações erradas (tenham estas sido formuladas deliberadamente ou acidentalmente).

Para simplificar, tem muita coisa sem sentido por aí. Deve lembrar-se que uma parte considerável daquilo em que a New Age acredita nada mais é que mais um tipo de religião, e serve para controlar pessoas exatamente da mesma maneira com que qualquer outro sistema de crença tem feito até hoje. Dr Fred Bell, por exemplo, com quem nós conversamos sem fazer gravações, relatou:

Existem programas de satélites,como o Misty, lançado em 1990 pela STS-36 da NASA, que emitem feixes de luz e que tem como alvos membros da New Age que estão meditando ou canalizando, fazendo com que eles sejam enganados e pensem que estão em contato com seu "eu superior", ou com alguma entidade extra-terrestre. Essa tecnologia, segundo Dr. Bell, é mais um artifício para o controle da população mundial.

Um dos propósitos do Projeto Camelot é o de filtrar e avaliar informações obtidas por "fontes internas", para tentar minimizar as chances de fraude. Pelas respostas que recebemos todos os dias, percebemos que a esmagadora maioria dos visitantes do nosso site parecem sentir que estamos tendo sucesso nessa tarefa tão desafiante.

Conforme declaramos claramente muitas vezes, obviamente nem todas as nossas testemunhas concordam entre si completamente. Se fosse este o caso, nós suspeitaríamos de imediato.

Portanto, existem diferenças. Muitas dessas diferenças podem ser atribuídas àquilo que Richard Hoagland notavelmente se refere como "a mentira é diferente em cada nível". Ele quer dizer que desinformação é plantada deliberadamente entre pessoas que estão do lado de dentro de tudo isso, bem como entre o público em geral. E isso, naturalmente, faz com que a avaliação do quadro geral seja difícil e frustrante... e é justamente essa a intenção.

Portanto, confiamos igualmente em nossa intuição, sentindo muito intensamente que estamos sendo guiados em direções positivas à nossa pesquisa, onde portas se abrem quase que magicamente diante de nós. Recebemos mensagens de tempos em tempos, repetindo velhos clichês da internet. Por exemplo, o de que Dan Burisch não é digno de confiança; e não mais respondemos a esse tipo de mensagem.

Nós conhecemos esse homem. Ele é uma das pessoas mais decentes, brilhantes, humildes e de bom coração que jamais tivemos o privilégio de conhecer. Seus relatos são sustentados por Henry Deacon e Jake Simpson, e está muito claro para nós que existem verdades profundas e importantíssimas no seu "conto de duas linhas do tempo".

Além disso, oferecemos um espaço no nosso site para que Pane Andov ['Astralwalker' - Caminhante Astral] apresentasse suas idéias. Nós não concordamos com todas elas, e sentimos que algumas delas possuem sérias falhas. Por exemplo, o "evento de 2012", pode não acontecer em 2012, e pode não estar conectado com o Calendário Maya. O horário de 11.11 AM na manhã de 21 de Dezembro de 2012 é quase certo que seja errôneo. Não especificou-se qual o fuso-horário, e lembrem-se: os Mayas não tinham relógio, e tampouco mencionaram um cataclismo ou final do mundo... que dirá as crenças New Age sobre "Ascenção" (o que quer que isso seja) ou transição para a "Quarta Densidade" (o que quer que isso seja).

Os Controladores deste planeta, estão com as mãos cheias de questões reais, conectadas com problemas hiperdimensionais reais e iminentes; e seguramente estão se deliciando enquanto nos mantemos ocupados com algo tão vago e sem sentido. Mais um exemplo: é quase certo que a mensagem de 'Vrillon' do 'Comando Ashtar' em 1977, seja de origem terráquea (muito possivelmente um experimento Tavistock que, se assim for, encheu os perpetuadores de grande regozijo); e enquanto a ideia de uma "Super onda" do Dr. Paul LaViolette é uma hipótese séria vinda de um homem brilhante, esse tipo de evento cósmico periódico("Unknown Form of Energy comes our way!" declara Astralwalker) segundo LaViolette, está conectedo com o movimento do sistema solar no alinhamento com o plano galático ou o que quer que seja o 'Planeta X'. Na verdade, em seu importante livro Earth Under Fire (A Terra Sob Fogo), LaViolette rejeita a idéia de que mudanças de pólo periódicas aconteceram através da história. Portanto, por agora, sem julgamentos.

Resumindo, caveat lector: leitor, atente-se. However, Apesar de tudo, uma mudança de consciência ESTÁ ocorrendo. E parece ser parte do ciclo natural de eventos cósmicos descritos acima por Deagle e muitos outros sérios pesquisadores. O desafio é o de que, em nosso processo de empolgação acelerada, não destruamos o planeta Terra e a raça humana no caminho.

E reuniões de todos os tipos TEM VALOR, e as apoiamos completamente. Muitos indivíduos de grande habilidades também têm trabalhado silenciosamente para mudar as condições do planeta e de todo o resto. Alguns deles estão utilizando métodos espirituais de diversos tipos: e outros, são as pessoas boas dentro dos serviços militares e de inteligência, em muitos países do Primeiro Mundo. São heróis e heroínas trabalhando nos bastidores (cujos nomes nunca saberemos) para conter planos que sejam malígnos por essência. Jake Simpson nos informou da maneira mais clara possível que esses 'white hats' (chapéus brancos) realmente existem, estão ativos, e trabalhando duro.

Muitas vezes somos perguntados: "O que eu devo fazer?" E nossa resposta sempre é: "O que você puder". Este é um enorme trabalho de grupo. Toda e qualquer ajuda, proveniente de qualquer pessoa, conta e tem valor. A maioria das pessoas neste jogo é bem intencionada. É um processo de aprendizado para todos nós. Pouquíssimas pessoas querem ver a perda da nossa liberdade, o fim de nossa civilização, ou do nosso mundo. Nós, do Projeto Camelot continuaremos fazendo aquilo que pudermos para levar o conhecimento às pessoas, e encorajamos todos a fazerem o mesmo.

Bill Ryan e Kerry Cassidy
Projeto Camelot
21 de março de 2009

A maior parte do artigo acima foi escrita por Bill Ryan. As atualizações de Dan Burisch foram adicionadas por Kerry Cassidy. Por favor, notem que muitas das declarações gerais não necessariamente expressam as opiniões individuais de cada um de nós... na verdade, às vezes elas variam significativamente.





Suporte o Projeto Avalon - faça uma doação:

Donate

Obrigado por sua ajuda.
Sua generosidade nos permite continuar nosso trabalho.

Bill Ryan

bill@projectavalon.net


unique visits

Google+