Busca

David Icke e Credo Mutwa
Templos de Paz




Kuruman, South Africa - 22 de agosto
de 2010


Credo Mutwa (CM): Honoráveis amigos, é uma das ironias da história, é uma das coisas que acontecem neste mundo em que vivemos, que aonde os homens desencadearam a violência contra outros homens os templos da paz serão construídos. SIM Bem aqui, aqui, batalhas foram travadas. AMÉM.  Aqui, homens foram mortos.

Mulheres (M): SIM [em coro].

CM: Em algumas partes deste lugar, você encontra balas de armas antigas. Em algumas partes deste lugar, você encontra peças de projétil de artilharia. Porque aqui, em primeiro lugar, negros lutaram contra brancos. E mais tarde, branco lutou contra branco. Mais recentemente, na década de trinta, haviam guerras acontecendo aqui. Neste lugar, que um templo de paz seja construído para tirar toda a amargura do passado e toda a dor. Obrigado.

M: Amém [em coro].

David Icke (DI): Bem, eu gostaria de agradecer ao Credo por suas palavras,  eu viajei por cinqüenta países em minha vida e eu só vejo as mesmas pessoas em toda parte. Eles querem as mesmas coisas. Quantas pessoas eu conheci na minha vida que queriam uma guerra? Que queriam lutar? Que queriam conflito? Eu, provavelmente, não poderia contá-los nessa mão, se tantos. E, no entanto, o mundo está cheio de conflitos. E o conflito vem do estado de espírito das pessoas, do que está nos corações, do que está nas cabeças delas. E não importa se você é preto, branco, amarelo ou de qualquer cor que você imagine. É  como Martin Luther King disse, o importante não é a cor de sua pele, mas a força do seu caráter. Aassim, temos um mundo onde, como Credo salientou, neste lugar negro lutou contra branco e algum tempo depois, branco lutou contra branco. E o que está acontecendo em algumas partes deste país agora? Negro luta contra negro, tribos lutam contra tribos. Não se trata de cor. Não se trata de raça. O que importa é o que está aqui dentro [apontando para o coração] ...

M: Sim [em coro].

DI: …e quando abrimos isto, nós percebemos, como o próprio Credo viu através de sua grande trajetória e eu vi nas viagens que fiz, quando você abre isto, existe apenas uma língua.

M: Sim [em coro].

DI: Existe apenas uma cor.

M: Sim [em coro].

DI: Existe apenas um de nós...

M: Sim [em coro].

DI: … um eu infinito, todos parte e expressões do grande oceano que é o que vocês chamam de Deus. Eu o chamo de Infinito. O nome não importa, apenas que somos expressões desta infinita consciência, a consciência infinita. E esta é a nossa conexão com ela, aqui.

Isto [apontando para a cabeça] pode desligar-nos disto [apontando para o coração] porque isto fica preso à mente e quer isto e quer aquilo, desejos e coisas materiais. E isto [apontando para o coração] pode fechar e ficar dormente, enquanto isto [apontando para a cabeça] governa e isto [apontando para a cabeça] diz: “Eu quero isso. Como faço para obtê-lo? Eu tenho que lutar! Temos de lutar! Temos de ter uma guerra!” Isto [apontando para o coração] diz: “Você está lutando contra si mesmo."

Porque nós somos todos expressões do mesmo Eu. E se esta, esta igreja, este templo de paz, como Credo o chama, pode ser colocado neste lugar de conflitos históricos, então isto é uma expressão do coração em um lugar que foi profanado por uma obsessão da mente. E estamos entrando em uma era quando o coração começará a governar. E a cabeça tomará seu lugar como o servo do coração e não mais seu mestre. Assim, desejo-lhe todo o sucesso ao colocar este templo da paz neste lugar.

M: Sim, aleluia [em coro].

DI: E quanta honra foi encontrar todos vocês hoje e esta música maravilhosa. E é sempre uma honra encontrar Virginia e sempre uma honra encontrar este grande ser humano que para mim é um privilégio conhecer.

M: Sim [em coro].
 
DI: Muito obrigado!

M: Obrigado, obrigado! [em coro, aplaudindo e cantando].


Clique aqui para a entrevist em vídeo no YouTube (em inglês)





Suporte o Projeto Avalon - faça uma doação:

Donate

Obrigado por sua ajuda.
Sua generosidade nos permite continuar nosso trabalho.

Bill Ryan

bill@projectavalon.net


unique visits

Google+