Busca

Futuretalk III:

Uma conversa com Henry Deacon

Esta página é uma reformatação da versão original publicada no Projeto Camelot.


Michael St Clair, Kerry Cassidy, Bill Ryan e Henry Deacon, apenas áudio
Frankfurt, Alemanha, 15 de julho de 2008

Início

Michael St Clair: Como você está hoje?  

Henry Deacon: Bem, eu estou indo bem nesse momento. Isso aconteceu de surpresa. Eu não esperava por isso. Aconteceu de eu estar acordado e tudo aconteceu de repente. Então, de qualquer maneira. Vá em frente. 

Kerry Cassidy: Gostaríamos de saber a sua opinião sobre, na verdade, onde você acha que a situação está indo no mundo e quão rápido. 

Henry Deacon: Bem, ninguém sabe ao certo porque as coisas mudam constantemente, como todos sabemos. Temos apenas de trabalhar com as probabilidades. 

A Suíça... intuitivamente, é tudo que eu posso passar - bem,  eu não posso dizer tudo  - parece que isso poderia funcionar se você tivesse pessoas que estão muito familiarizados com o país,  que parece que você tem. Então, eu diria que seria uma boa escolha, tanto a densidade populacional e a distância de... onde quer que você ache que a densidade populacional não é muito grande.

E, claro, você tem muitas montanhas, certo? Assim, poderíamos falar sobre isso. Eu tenho certeza que você já pensou em todas essas coisas. 

Minha única outra opção no planeta, na verdade, era um lugar que eu poderia apontar em um mapa da América do Sul. Mas isso é meio fora do curso do que você está focado. Então, eu não acho que eu deveria ir nessa direção. Vá em frente.

Kerry: Bem, gostarias de oferecer algumas informações? Quero dizer, eu sei que você tem trabalhando na clasificação de alguns dos seus equipamentos de informática recentemente. Você quer dizer a eles por quê? 

Henry: Você quer dizer classificá-los com referência ao PEM (pulsos electromagnéticos), ou classificá-los por causa da nova notícia que você leu do artigo do Christian Science Monitor (Monitor da Ciência Cristã)? As duas coisas são importantes. 

Kerry: Do que trata esse artigo? Sinto muito, temos estado nesta reunião, não tivemos a chance de o ver... 

Henry: Dependendo de para onde o seu tema principal vá, parece que algo rapidamente vem à minha mente, dentro de 24 a 48 horas pelas duas últimas semanas, ele aparece no noticiário. Isso está acontecendo muito. Eu não... é... o que significa que há algo muito forte acontecendo, algo muito potente em um nível invisível, que está acontecendo.

Bill: Isso significa que você está pegando um sinal muito forte. Certo?

Henry: Sinais muito, muit fortes em quase todos os assuntos. 

Kerry: Bem, você poderia explicar de que tipo de - qual informação - você está pegando um pouco? 

Henry: Eu não tenho a pretensão de ser um vidente, a propósito. Só está acontecendo. Então... [Risos] Isso não é minha especialidade, mas parece que esta a acontecendo de qualquer maneira.

Bem, por onde eu começo? É o tema financeiro que parece estar acontecendo. Eu não consigo sequer manter uma lista. Eu nem sequer fiz uma lista. Eu ia preparar algo para mais tarde, mas eu ainda não tive sequer uma chance de fazer isso. 

Kerry: Nós queríamos saber o seu conselho apenas em termos de... Certamente, Bill e eu sabemos o que você está dizendo para nós, na verdade, já fazem dois anos. Michael gostaria de ouvir, provavelmente em primeira mão, algumas coisas sobre o ambiente que você está recebendo informações.

So could you tell him the current situation, from your point of view? How soon, how quickly they need to act to make this a reality?

Então você poderia dizer a ele a situação actual, a partir do seu ponto de vista? Como em breve, a rapidez com que eles precisam agir para tornar realidade? 

Henry: Bem, minha experiência é que tenho tendência para... quando eu disse, no passado, que algo vai acontecer em um ano, isso normalmente não acontece por alguns anos - até 10 anos, de experiências passadas. [Risos]

Então, eu estou dizendo seis meses, mas o que é isso? Isso é puxado de um chapéu agora. Provavelmente mais de seis meses. Depende de onde você está. E que tipo de recursos financeiros ou bens, em que forma os recursos financeiros estão. Porque há muita instabilidade, evidentemente, em alguns dos sistemas bancários. Esses são os tipos de incógnitas.

Naturalmente, sua saúde é seu bem mais importante...

Eu gostaria de dizer que o pico do petróleo não é fabricado. É real, tanto quanto sei, simplesmente porque, em 1970... final dos anos 70... Eu fui a uma reunião Q-autorização no Departamento de Energia. Você pode ou não saber o que significa Q-autorização. E a gente tinha colocado tudo em cima da mesa, a data prevista, com gráficos e mapas, como tem sido o pico do petróleo de há 30 anos até agora. Assim, o que é 78 mais 30? Então, isso é agora. E isso foi em dados científicos. Isso não foi política ou qualquer outra coisa, você sabe. Esse foi apenas o fato de tudo o que sabíamos.

Bill Ryan: Só uma pergunta para você sobre isso. Porque, você sabe, você ouve essas pessoas, como Lindsey Williams e outros... Você sabe quem é Lindsey Williams, por exemplo? 

Henry: Não. Mas eu posso imaginar que é, provavelmente, alguém que diz que isso não é assim. 

Bill: Bem, Lindsey Williams... Ele é um ministro batista, certo? Ele não é o tipo de cara que de certa forma, você sabe... Ele não vai fazer isto por razões de, você sabe, apenas... ele não tem a competência de o fazer. Certo?

Henry: Sim.

Bill: E ele foi até ao Alasca e, você sabe, eles disseram que encontraram a maior reserva de petróleo, basicamente, do planeta lá em cima, que era maior do que, na verdade, as reservas do Oriente Médio. E foi escodida pelo governo dos E.U. e fechada no outro dia depois de anunciada.

Henry: Hum hum.

Bill: Então, você sabe. Eu só estou perguntando quais são as chances de compartimentação em coisas como estas e, realmente, se isso de a certas pessoas em certos níveis, mesmo em Q-nível, está sendo dito uma estória e em outro nível a história é diferente. 

Henry: Bem, há duas coisas. Uma delas é que naquele período no tempo - final dos anos 70 - não tínhamos o mesmo tipo de sistemas de penetração no solo que temos agora. Nós não éramos... 

Kerry: Então, a descoberta poderia ter sido feita, realmente foi feito, depois que você teve essa reunião, em outras palavras.

Henry: Sim.

Kerry: Mas eles mantiveram a estória de fachada. Teoricamente, eles mantiveram a estória do pico do petróleo por alguma razão. Quero dizer, eles não planejam liberar isso de qualquer maneira, mesmo se ele existe. 

Henry: Sim, bem, eu não sei se ele existe. Eu nunca ouvi falar disso. Quero dizer, há uma alta probabilidade de que ele exista. Mas ainda não vai resolver os problemas convergentes que nós estaremos enfrentando muito em breve de qualquer forma.

Kerry: Certo. Então, você poderia citar alguns dos problemas mais convergente para todos aqui, só para focar as mentes deles um pouco?

Henry: Bem, temos os problemas econômicos. Nós os problemas de guerra fabricada. 

Kerry: OK, mas também queremos falar... Quero dizer, que tipo de mudanças planetárias que estamos procurando e você acha que vai acontecer qualquer coisa dentro dos próximos seis meses?

Henry: Talvez não nos próximos seis meses, mas há uma possibilidade, por exemplo, de que venhamos a ter uma mudança de pólo magnético muito em breve. Mudança de pólo magnético. Não sei qual o efeito que vai ter, exceto que poderia ter alguns efeitos atmosféricos, efeitos ionosféricos e toda uma outra lista que você pode ou não ser capaz de descobrir. O Cinturão de Van Allen, efeitos nisso. Algumas das blindagens de proteção da Terra podem ser distorcidas por causa disso. E ondas curtas globais - HF - 'salto' nas comunicações pode ser mais difícil - devido às mudanças ionosféricas. Basear-se nos satélites globais de comunicações não é uma boa idéia. Isso deixa o mundo moderno com alguns problemas também. 

No que diz respeito a um aparecimento - possivelmente o aparecimento do - Planet X, ou o que quer que as pessoas o chamem, eu, por algum motivo não me sinto muito preocupado com isso, pelo menos, nos próximos 12 meses. Eu não me sinto preocupado com isso. Eu não tenho muito o que dizer sobre isso nesse momento. 

Estou pensando na rapidamente crescente demanda de recursos e o colapso ou alterações dos sistemas financeiros, nas várias ameaças criadas de várias guerras - guerras criadas e acabei de ver a taxa de crescimento da população aumentando muito rapidamente como uma outra causa básica de uma longa lista de coisas convergindo. Nós já temos uma cidade muito grande sendo adicionado ao planeta a cada 24 horas, certo? É meio difícil de se educar tanta gente nova no planeta quando a população está crescendo a este ritmo.

Kerry: OK. E os vírus? Você tem algo a dizer sobre isso?

Henry: Bem, eu não sei o que está acontecendo agora, mas acredito que algumas coisas muito simples podem ajudar a protegê-los contra isso, os vírus que foram lançados ou podem ser liberados em breve.

Eu mencionei algo, no ano passado,que soa muito, talvez muito ridículo, mas é a vitamina D3, 2.500 UI por dia se você não está recebendo bastante sol para criá-la em seu corpo. 

E depois disto... De todas as coisas estranhas, algo que Bill me deu e que fiz alguma pesquisa, que é esta solução de clorito de sódio (MMS). Mas, tanto quanto... O que você quer olhar? O que vem? Ou o que você precisa para se preparar? 

Porque há tantas coisas que estão... Há certas coisas que estão convergindo que também não são coisas físicas. Elas estão em um nível em que eu sinto e vejo uma muito... no próximo, a partir de agora e nos próximos três ou quatro anos, haverá mais e mais dificuldades para as pessoas se comunicarem umas com as outras. Não apenas por via eletrônica. Mas, até mesmo face a face. [Risos]

Por causa de alguns... algo que não consigo explicar em palavras, que talvez Michael possa ser capaz de compreender e explicar, eu não sei. Nossos sentidos normais são muito limitados - lembre-se disso. A maioria do que EXISTE - é indetectável... seja grato por isso!

Michael: Sim. Eu sei o que você quer dizer. Vá em frente. 

Henry: Compara-se a um tipo de Teoria da Novidade, ou um tipo de coisa caótica que está acontecendo. É só um colapso, como um  tipo  Torre de Babel, entre a maioria das pessoas neste planeta. Nem todos, mas 99,99% de nós. Contudo, a menos que a sua mente seja muito bem treinada e as outras pessoas com quem você está se comunicando ou deseja se comunicar sejam muito bem treinadas, provavelmente haverá um monte de desorientação e de interferências - tanto feitos pelo homem, de uma certa forma, assim como, por falta de palavras melhores, artificialmente criados - e, ainda por cima, naturalmente criados. de cenário de

Kerry: Sim. Michael e eu estávamos discutindo isso ontem.

Henry: Por causa de onde estamos, por assim dizer, o espaço, através do qual nós estamos viajando agora e daquele que ainda estamos nos aproximando, é uma das coisas que também está causando essa distorção. Há várias... É interessante que muitas coisas estão convergindo ao mesmo tempo. Eu realmente não, especificamente, sei o por quê.

Michael: Eu o entendo bem. Estou dizendo exatamente...

Henry: Mas na medida em que o planejamento vai... é por isso que é importante fazer o planejamento/preparação o mais cedo possível, enquanto as pessoas ainda são capazes de se comunicarem eficazmente umas com as outras. [Kerry ri] 

Kerry: Nós estamos com você nisso. E, sim, há uma linha divisória começando a acontecer, eu acho, ou várias linhas divisórias. 

Henry: Você sabe, não é apenas o colapso da unidade familiar, que vem acontecendo há algum tempo. Estou falando até mesmo entre os melhores amigos, você sabe. Então eu acho que provavelmente nós que estamos reunidos aqui, neste momento, temos uma chance maior de nos comunicarmos, mas mesmo isso pode desmoronar facilmente, não importa o quanto você não o deseje. 

Então, não estou muito certo como corrigir isso, exceto para... O estranho são os processos mentais e a própria mente e não sou especialista nisso. Estou apenas aprendendo. Então, mas... 

Kerry: Qualquer um de vocês tem quaisquer outras perguntas que poderiam querer fazer ao Henry? OK, Bill está sugerindo que você poderia falar a todos dos fatores que você pode querer considerar para um "lugar seguro", se, de fato, não pudessemos ter pensado neles em termos de...

I mean obviously we know running water is one of the things, but you might have some other things you might want to tell them about.

Quero dizer, obviamente, nós sabemos que água corrente é uma das coisas, mas você pode ter algumas outras coisas que você pode querer dizer-lhes.

Henry: Como afirmado anteriormente, um treinamento adequada da sua mente, juntamente com a prática de relaxamento/meditativo é a preparação mais importante para o "lugar seguro".

Abrigo vem a seguir e depois água. Eu tenho uma enorme quantidade de listas de sobrevivência e de dados que não somente criei, mas também recolhi desde os anos 90, pelo menos, e antes. E também de fontes diferentes. E para listar tudo completamente em apenas alguns minutos, tal que você esteja bem preparado seria muito difícil.

Isso também me lembra de ter em mãos algum hipoclorito de cálcio - que é pó de choque para piscina - para purificação de água. Uma quantidade muito pequena faz um bom trabalho. E note que os E.U. está tentando parar as vendas de sistemas portáteis de purificação de água à base de iodo... a razão para isso, segundo eles, é que esses sistemas são usado para a fabricação de drogas do tipo metanfetamina!

Ouvi alguns dos, eu acho que Michael mencionou, não mencionastes no vídeo? Mas, sim a água, você precisa saber quanta água você vai precisar para o povo. Você precisa saber quanto tempo você precisará ficar nesse local ou nestes locais ou nesta localidade. Quanto tempo você precisará, realmente, utilizá-lo, para que você saiba se a apenas vais armazenar fornecimentos ou se você precisará ser capaz de, você sabe, começar a crescer a sua própria comida e coisa e tal.

Kerry: Bem, quanto tempo, na sua opinião? Para o que estamos olhando? Vários anos?

Henry: Eu acho que idealmente você está olhando para algo como cerca de 5 anos, para estar no lado seguro; cinco anos de vida nesse tipo de sistema de sobrevivência, você sabe. Estou falando de quando você estiver realmente vivendo nele, um período de cinco anos ou algo assim, para chegar do outro lado.

Eu continuo esperando que... Eu continuo sonhando que nada vá acontecer, mas é sempre melhor estar preparado e do que não estar... Você sabe, como os esquilos guardando a comida para o inverno, você sabe. 

Kerry: Bem, como você sabe, eu acho que nós mencionamos que estamos criando um site que vai disponibilizar recursos para as pessoas. Então se você tem informações que possamos, eventualmente, arquivar em PDF e o postar nesse site, seria muito útil no futuro. Eu estou apenas citam isso. 

Henry: Enviei-lhe uma referência para a obtenção de CDs gratuitos que estão sendo distribuídos. Eu não sei se você já viu isso. Eu recebi um, um CD, e é basicamente como reconstruir as coisas se estiverem desmoronando. 

Basicamente, a coisa toda é a tecnologia. Somos muito dependentes de tecnologia, a sociedade ocidental, os países de primeiro mundo. É muito, muito sensível ser desligado em questão de minutos - todo o sistema de suporte de vida do primeiro mundo - a casca de ovo em que vivemos.

E é por isso que eu mencionei PEM (Pulso EletroMagnético) repetidamente. E agora olha só o que está saindo na mídia. Você pode ter notado, há até discussão sobre PEM na América. Mas eles precisam saber... As informações que eles deram na mídia quanto a que altitude isso teria de acontecer é muito crítica.

Eles estão dizendo nos noticiários algumas altitudes ridículas, para uma fonte de pulso PEM, que estão completamente erradas e isso não iria funcionar. Mas o ponto é, que é muito conveniente neste caso que estejam dando a informação errada para o público.

O caso é, que isso algo que pode ser criado na garagem de qualquer um. Eles só precisam de ser capazes de ter um pequeno avião, o ligar  e podem facilmente voar para longe. Minto, o avião iria deixar de funcionar... um balão, talvez?

Não há uma explosão real nem nada, apenas uma pequena. Não se trata de um dispositivo explosivo ele apenas emite um pulso muito forte. Esse pulso é suficiente para derrubar quase tudo no mundo civilizado. Voltando as velas e aos cavalos. 

Kerry: Quando você diz "derrubar", você está falando derrubar definitivamente? Ou é uma interrupção temporária? 

Henry: Sim. Desliga permanentemente. E isto não é como aquela coisa que aconteceu há alguns anos, aquele bug de 2000 ou o que quer que fosse. Quero dizer, nós estávamos nos preparando para isso nos sistemas do governo, com máquinas de escrever, cópia em papel-carbono e tudo isso porque o levamos a sério. Mas, felizmente, oY2K não aconteceu . 

Mas isso é algo que é muito mais fácil para alguém fazer se... É necessário apenas uma pessoa comum para que isso aconteça. Então, de repente, isto surgiu em minha mente por alguma razão e dentro de alguns dias estava nas notícias. Eu não sei como isso aconteceu. 

Mas, o que estou dizendo é que isso significa que a rede iria cair e quase permanentemente. Quero dizer, por um período longo de tempo. 

Claro, você ainda tem um efeito dominó em escala global, porque você está falando sobre todos os vários... qualquer coisa, todas as várias tecnologias, sistemas bancários e sistemas de comunicação.

Nós dependemos muito fortemente dos satélites para a maioria das comunicações no planeta. E os satélites são muito sensíveis a essas coisas, exceto por um punhado deles que foram protegidos contra PEM e radiação, este tipo de coisas. Mas esses não serão para uso público, é claro. 

Michael: Henry, esse tipo carga também destruiria os computadores e as coisas que estão fora da rede?

Henry: Ah, sim. Eles não precisam estar ligados. 

Michael: Eles não precisam estar ligados. Portanto, em outras palavras, tentar estocar ou se resguardar contra isso não é válido de qualquer jeito?

Henry: Bem, se você está tentando salvar os dados, se tiver no disco óptico, no disco CD, ele não tem efeito sobre o isso.

Bill: Mas, teria em um disco magnético?

Henry: Discos magnéticos, eles pode embaralhar um pouco os dados. Mas a coisa é, os microprocessadores e chips de memória poderiam ser fritos. E as fontes de energia também.

Kerry: Você também tem uma forma, porém, de proteção, como a construção de uma caixa ou algo assim...

Henry: Ah, sim.

Kerry: ...fora da folha de alumínio, ou algo assim. Eu não sei.

Henry: Sim, é muito simples de proteger. Mas a coisa é, sem a infraestrutura, você não tem a internet, etc.

Kerry: Certo.

Henry: Então, quer dizer, você tem a sua coisa local para ler e isso é tudo. Ou você tem o seu radio de ondas curtas como equipamento de comunicações que você também pode proteger ou se tiver a tecnologia de tubo a vácuo, que não é afetada por isso. Então é por isso que os velhos sistemas de equipamento de tubos a vácuo são completamente imune a esse tipo de coisa. Assim são as usinas mais velhas que não são controladas por computador.

Kerry: E os carros? Você não fez uma observação sobre os carros? 

Henry: Bem, nada após a década de 1960 tem uma boa chance de funcionar. Mesmo os movidos a gasolina, com exceção de que há uma possibilidade de que - uma possibilidade remota - de que talvez as bobinas de ignição [risos], porque elas vão intensificar as tensões nas primárias, isso poderia queimar algumas das bobinas de ignição no compartimento do motor de alguns dos veículos. Mas isso, eu digo, provavelmente, só nas áreas mais intensa. Assim, apenas nos veículos mais novos. Mas esqueça como obter  combustível! 

Kerry: Então você está dizendo que qualquer veículo feito após a década de 60 seria vulnerável. É isso o que você está dizendo?

Henry: 90% deles, sim. 

Kerry: E quanto ao diesel? Ter diesel faz alguma diferença?

Henry: Contando que não tenha um motor diesel controlado por computador nele, então tudo bem. Então, você sabe, os Rovers velho, ou os Valps velhos que tinham como em...  eu acho que foi na Suécia, que fizeram os Valps. Você pode comprá-los. Eles seriam muito confiáveis. Qualquer tipo de veículo militar.

Michael: Os velhos Jeeps Willis estão bem.

Henry: Então é importante ter um veículo que... Ou, se você não quer contar com um combustível, porque então o combustível é um problema. É claro que eu estou rodando meu carro diesel fora de... Tenho experimentando ultimamente. Tenho rodado ele em puro óleo de girassol. E funciona bem no verão. Não daria certo no inverno, a não ser que tenha sido aquecido primeiro. Isso é apenas um exemplo. 

Bill: Você pode colocar um pouco de óleo de mamona nele para ajudar com isso também.

Henry: Qualquer coisa para afiná-lo, para que não se congele. Mas seria melhor ter um substituto. Algo que usaria a força animal ou de uma pessoa seria um bom substituto.

Kerry: Henry, isto vai, definitivamente, acontecer, na sua opinião?

Henry: Bem, há tantas coisas convergindo, que a probabilidade é de que pelo menos metade delas... metade das centenas de coisas acontecerão. Então, alguma coisa muito dura, definitivamente, vai acontecer.

I think that the harshest thing that’s going to happen is not even going to... The harshest thing is not even... Again, the physical thing is harshest,

Eu acho que a coisa mais difícil que vai acontecer não irá mesmo acontecer... A coisa mais difícil não é mesmo... Novamente, a coisa física é a mais difícil, difícil para a maioria das pessoas. Isso é o que eles mais temem. Mas a coisa mais difífcil será na escala psicológica, não apenas uma coisa psicológica, mas várias coisas psicológicas convergem em planos diferentes, em níveis diferentes, você sabe. Em um nível tridimensional do espaço-tempo e em níveis muito mais elevados. 

Bill: Você estava dizendo sobre os diferentes níveis psicológicos, onde as pessoas podem ter problemas ou questões que surgem... Então você pode dar um resumo muito rápido de como você vê quais serão os maiores traumas? 

Quero dizer, eu suspeitaria que pelo menos um deles tem a ver com, já que o colapso do campo magnético está ocorrendo na Terra, como você disse, as pessoas começam a ficar confusas e as mentes delas não funcionam adequadamente, uma vez que somos de origem eletromagnética.

Mas por outro lado, quais são os outros itens que você está vendo?

Henry: OK. Bem, eu não estou dizendo que isso é o que está causando a desorientação, porém esse pode ser um dos fatores. Mas, realmente, você tem de ser muito prático, por assim dizer, fatores como o colapso financeiro, as crises e as tensões com que as pessoas têm de lidar. 

E então, você tem as pessoas que tentam proteger  as próprias famílias e nesse processo elas coletam as informaçõess a todo o custo de outras fontes, incluindo os vizinhos e outras pessoas. As crenças religiosas também estão causando confusão e divisão. Os líderes religiosos estão sendo comprados por algumas agências - com a idéia de ajudar a controlar e manipular os "crentes". Ter  crenças espirituais é importante para muitas pessoas, mas tenha cuidado a quem você ouve... Se eles afirmam ter as respostas. Cabe a você decidir. 

Então, você sabe que você tem o colapso, a destruição nas cidades. A entrega do suprimento de alimentos e etcetera, a parte psicológica disso. Tire algum tempo e pense no efeito dominó - as interações e interdependências dos sistemas.

Então você tem as ameaças fabricadas e reais das guerras.

E então, você tem a possibilidade de uma farsa - uma possibilidade muito forte, muito em breve - de uma invasão falsa do espaço ameaçando... Tal como Kerry, eu não sei o que você viu. Mas isso pode ter sido um exemplo de uma das máquinas que foram construídas aqui. 

Kerry: Ah, é. Tive a sensação disso, eu tenho que admitir isso, embora ela estivesse extremamente distante... 

Henry: É. Assim, com milhares desses sobrevoando as cidades e áreas densamente povoadas, em seguida, usando a mídia intensamente, você pode fazer muitos danos psicológicos e controle - psyops (operações psicológicas) - em um monte de gente.

Kerry: Certo. Mas, afinal, qual você acha que será o resultado disso? 

Henry: Então, serem capazes de controlar as pessoas, talvez para colocá-los em... ah...

Kerry: Campos?

Henry: Sim, exatamente. Agora, a Suíça... Há algo acontecendo. Eu já mencionei a você, Kerry e Bill, eu acho que há algo acontecendo. Eu acho que se você vive lá você provavelmente sabe disso, que há algo acontecendo no subsolo em muitos lugares.

Kerry: Eu quero dizer, não há dúvida sobre isso, mas a questão é ou não é algo negativo. Em outras palavras, penso que é o que é... Quer dizer, eu acho que é certo que há exploração subterrânea na Suíça em muitos locais. 

Henry: Eu não sei se é positivo ou negativo, mas está sendo mantido muito quieto. Eu acho que estamos todos fora do loop para isso. 

Michael: O que tenho notado na Suíça, dirigindo aqui para cima e para baixo por alguns anos... Eu estive nos E.U. por 15 anos e voltei. Nos últimos dois a quatro anos, tenho notado um aumento rápido na construção de torres, torres de comunicação de rádio. E eu ouvi  pessoas dizerem que a oscilação do humor na Suíça está muito intenso.

Henry: Exatamente.

Michael: Isso me leva a crer que nem os suíços estão acima ou abaixo disso, de realizar tais experimentos psicológicos de como eles podem modular o humor das pessoas com alguns tipos de torres. Eu notei que há muitas torres de rádio surgindo ao longo das rodovias e em todos os lugares porque eu estava atento a isso. Eu sei o que procurar. 

Bill: E eles também estão colocando câmeras em todos os transportes públicos. 

Michael: Ah sim, sim, é enorme. Assim, a Suíça não é assim tão grande em alguns... em alguns aspectos, eu achei que a Suíça ficou pior do que quando eu estive, digamos, 20 anos atrás. 

Kerry: Exceto pelas montanhas. Se você for para as montanhas, você pode ficar longe de tudo isso

Michael: Sim, é verdade. 

Henry: Eu concordo. Desde de que você esteja em uma área de vale, em uma área de alta montanha, mas cercado... A área de maior altitude, mas cercado por montanhas, você sabe, por todos os lados - essa seria uma boa localização. Mas você não deve estar no fundo do vale. Você deve estar a meia altura do lado da montanha. Assim, não no fundo de qualquer vale, mas em uma área montanhosa. 

No que diz respeito a ser capaz de proteger-se de algo assim, acho que a única maneira prática, é estar fora da área o suficiente ou estar muito consciente dela antes de ir para o local.

E, quanto a ser capaz de detectar este tipo de tecnologia, não acho que seja prático transportar equipamentos para fazê-lo. Na verdade, alguns são, eu acho, praticamente impossível de proteger a si mesmo disso, porque está operaciondo em, não é freqüências de microondas, que é o que algumas das torres nas cidades estão usando, estão em gigahertz ou superior. 

Mas eles também estão usando freqüências ultrabaixas que são, parecidas, perto das freqüências de ondas cerebrais, as freqüências muito, muito baixas que você não pode se proteger, mesmo se você for bem fundo no subsolo. Até mesmo uma gaiola de Faraday não iria funcionar, e isso é... Eu tenho pensado nisso. 

Portanto, a melhor solução é ficar longe disso tanto quanto possível, fisicamente, e também ficar atento. Então, se você escolher um local, que é, como eu disse, esse seria o que eu estaria procurando. 

Michael: Então, nós estamos procurando na e em torno da Suíça. OK? Assim, seria uma área que também incluiria parte da UE, União Europeia, os lugares que seriam muito mais fácil de acesso para as pessoas dos E.U..

Henry: OK.

Michael: Eu quero dizer mais fácil se eles têm dinheiro ou não, é o que eu quero dizer. 

Henry: Sim. Eu não sei. Seria bom ficar de fora da União Europeia, mas em algum ponto, isso não importará, porque as fronteiras se tornarão algo sem sentido. 

Michael: Isso mesmo. Não importará, mas você tem que entender que as localidades... Eu olhei para isso cuidadosamente por um longo tempo, OK? Eu tenho visto isso vir por 25 anos pelo menos. 

As áreas em torno da Suíça funcionam, na realidade, apenas assim - como áreas. Por exemplo, o Haute-Savoie funciona de tal maneira que a região de Savoie - que seria a parte francesa do Lago de Genebra - e a parte suíça do lago formam uma área - mais do que uma área na Suíça funcionaria com outra área longe da Suíça. Você entendeu? 

Essas são as áreas de cooperação econômica. O mesmo acontece com as zonas da fronteira entre a Alemanha e a Suíça, ou a Floresta Negra. Então você só trabalha em áreas que funcionam como centros econômicos. E pelo que eu pesquisei, a parte sul da Alemanha é sem dúvida o motor, o motor econômico da Europa.

Henry: Interessante.

Michael: Então, a parte sul da Alemanha definitivamente funcionará por um bom tempo ainda. Quero dizer, por isso, por exemplo, me disseram que em quatro anos não haveria um único carro a gasolina aqui. 

E eles estão muito conscientes do que está acontecendo e eu acho que, pensando em uma solução a nível de estado. A nível estadual quero dizer, digamos, a Baviera ou Baden-Württemberg,  ou Hesse - esses são estados na Alemanha. Eles cuidam dos próprios assuntos deles, de acordo com a forma como eles vêem a economia e as mudanças climáticas. E eles estão muito a frente de todo mundo nas soluções do que eles querem fazer no futuro. E eles desde já estão agindo nisso.

Henry: Eu tenho certeza disso.... Sim. Definitivamente. 

Você já viu o filme de ficção científica? É algo como... Qual era Michael, When Two Worlds Collide (Quando Dois Mundos Colidem), ou algo assim? E as pessoas tinham que decidir quem iria entrar no navio para ir para o novo planeta? É um filme antigo.

Bill: A Battlestar Galactica (Galática – Astronave de Combate) teve o mesmo um par de vezes. Essa é uma idéia louca curta, não é? Quando há uma falta de segurança, as pessoas não podem vir. 

Henry: É. No que diz respeito as coisas econômicas, eu acho que... Eu não sei por quanto tempo o dinheiro funcionará. E quais moedas, eu não sei. Eles vão ter que mudar muita coisa nos próximos anos, as moedas e os valores delas. Mas eu acho que... 

Eu tive um presentimento, até recentemente, que seria a moeda chinesa e algumas moedas asiáticas que poderiam ter um pouco mais de forças do que as ocidentais. A moeda suíça é um mistério para mim. Qualquer sistema baseado na usura financeira irá falhar no mundo de hoje. 

Tanto quanto as moedas, eu sairia, em algum grau, da moeda fiduciária para, claro, o que Michael havia sugerido, alguns anos atrás quando viu o que estava vindo. Mas infelizmente, a maior parte está presa aos dólares e não estou completamente certo em que direção seguir com isso. 

Michael: Bem, o melhor é apenas tê-lo em ouro, ouro físico. E eu tenho soluções muito práticas em Frankfurt e na Suíça, onde podemos fazer isso facilmente. 

Aqui na Alemanha você pode ir a um banco, eles têm muita burocracia, porque eles querem controlar quem é o dono do ouro. Considerando que, em outros bancos, eles são muito cooperativos e o deixam pegar direto no balcão e ao preço à vista.

Então isso varia muito de banco para banco. Essas são as políticas da casa. Então, vêm as leis de país para país. Portanto, não há lei homogeneizada na Europa sobre este assunto. 

Mas sei onde obtê-lo legalmente, sem qualquer problema. Você apenas vem  e fazemos  isso aqui. Eu não quero explicar isso através da internet, OK? 

Henry: Sim. Você está ciente do que está acontecendo agora, nos Estados Unidos de hoje, com referência a economia, ao sistema bancário? 

Michael: Geralmente estou bem ciente. Sim. O melhor site que você pode verificar é o Today’s News (Notícias de Hoje), é Paulsen disse, e isso era esperado, que assumiriam o IndyMac, todos os Macs, tudo isso. Eles basicamente o nacionalizrão. Claro que não o chamam de nacionalização. Eles chamam isso de... qualquer que seja a palavra. Você sabe, eles têm um jeito bom com as palavras. Mas, essencialmente, eles o estão assumindo. 

Henry: Estão dizendo às pessoas na televisão ABC News que, por favor, não corram para os bancos. Você sabe, não tirem o dinheiro, que tudo estará OK. [Risos]

Michael: E essa é a maneira de acontecer a corrida ao banco. Sim.

Henry: Esta é a notícia principal. 

Michael: Sim, eu sei. Ouvi esta manhã. Eu estava assistindo às 6 da manhã. Sim, eu estou com ele. Eu estava realmente assistindo no hotel. Eu não tenho televisão. Eu nunca assisto televisão, mas de tempos em tempos em hotéis, gosto de ver o que estão contando as pessoas. E é surpreendente ver a versão dita as pessoas da versão que eu conheço. 

Enfim, há um site que se você quiser permanecer atualizado, se você pode anotá-lo. É o site de Jim Sinclair. É escrito www.jsmineset.com

Então, esse cara e a equipe de profissionais dele, comerciantes de ouro, os comerciantes da moeda, eles realmente têm o conhecimento e dão um comentário muito valioso. Estive acompanhando o site há cerca de quatro anos. Eles foram muito precisos ao longo de tudo o que eles comentam. Eles têm os melhores gráficos, tabelas, tudo sobre moedas, metais, commodities, a coisa toda. Mais o comentário sobre o que está acontecendo e o que a mídia está relatando.

Henry: Eu o tenho agora. Tenho-o anotado.

Michael: OK. Esse site é realmente único. Além disso, você pode até olhar no Financial Times um pouco. Em Londres. Eles estão, ultimamente, muito mais atualizado com o que está acontecendo. Na seção de comentários eles, realmente, deixam certos jornalistas comentarem sobre o que está acontecendo na verdade, segundo eles. Portanto, é surpreendente ver que o Financial Times fala, na verdade,  mais criticamente sobre o que está acontecendo. 

Henry: Eu segui Kitco por alguns anos e também é assim. Então... 

Michael: Sim, bem Kitco é uma das fontes básicas dos gráficos que Jim Sinclair utiliza no website dele. 

Henry: E o ouro, no final, o ouro pode ter algum outro valor, mas tanto quanto... Você não pode comer isso ou nada, então, a idéia é fazer troca, se você precisar fazer isso. A menos que você esteja em uma área isolada, que é auto-suficiente... você não faz muita troca, eu acho.

Bill: Ou você cria uma moeda da comunidade.

Henry: Então, eu acho que estamos falando de segurar o valor para um tempo futuro. 

Michael: Bem, veja você, ouro - e prata, em certa medida - os dois vão ser moeda, assim como mercadoria. O ouro de qualquer forma é moeda. Mas a prata, em certa medida, também poderia entrar como uma segunda moeda, uma mini-moeda para comunidades menores. 

Bill: Eu gostaria de sugerir que nós convertessemos simplesmente pelo fato de que não há ouro suficiente ....

Michael: Sim.

Henry: Não há o suficiente para a população. Mas então, isso é outra coisa - qual será a população em dez anos? Eu tenho medo de dizer. Eu não quero dizer. Eu gostaria de dizer que será o mesmo que é agora, em vez de algum pessimismo, que é o que as pessoas estão sugerindo - uma redução drástica na população. Há um desejo por parte de certas organizações para reduzir a população um tanto, como sabemos. Então... ou ouvimos. 

Então, na medida do planejamento para isso, acho que ficar focado em encontrar uma boa localização, planejar para o que é necessário, fazer uma lista de tudo que é necessário para que você não perca alguma coisa chave muito importante.

Além disso, ajuda médica e odontológica, assistência médica, instalações odontológicas, suprimentos médicos, você sabe, esse tipo de... Ah, para aqueles que estão usando  medicações, tais como ISRS, antidepressivos - desabitue-se deles. Para aqueles que sentem-se dependentes de outros medicamentos poderosos - façam o mesmo. Há muitas razões para isso. Considere isso uma prioridade para você. Tome algum tempo e junte um pouco de conhecimento sobre as plantas para a alimentação e a saúde. 

Kerry: Uma coisa que você poderia fazer no futuro, ou no futuro próximo, é nos enviar qualquer informação que você tem, ou ligar-nos a informação que você acha que devemos incluir em nosso site para outras pessoas, você sabe. Em outras palavras, como você diz... 

Henry: Eu definitivamente pediria o disco que lhe enviei nos últimos dias. Não perderia nenhum tempo para fazer isso. Eles enviam pelo correio.

Kerry: Então você está dizendo que contém muito do que precisamos? 

Henry: ... ah... eu não o vi todo porque é um banco de dados muito grande, a reconstrução do banco de dados, assim se os sistemas de alta tecnologia - se e quando desligados - você será capaz de colocar tudo de volta juntos novamente, com exceção de que será melhor. Então é algo para um grupo, um grupo global, reunido ao longo de um período de tempo. Isso é um começo bem ali. E os discos estão sendo distribuídos gratuitamente na internet para quem precisar deles. 

Kerry: Isso é muito interessante. Nós passaremos a todos de modo que todos possam encomendar um e assim por diante. 

Henry: Há tanto. Ele realmente leva a... É interessante ser capaz de reuni o tipo de pessoas que você realmente precisa para fazer o planejamento sem que se transforme em uma grande bagunça. Existem os fatores medo. Todos sabemos que você pode acabar com uma comunidade ou grupo de pessoas que poderiam... onde um pode ser muito dominador, ou assim, ou... Em vez de ter um grupo que apenas trabalha como um time sem realmente um líder forte, mas apenas um tipo de simbiose de...

Kerry: Comunidade. 

Henry: É. A única maneira que poderia realmente funcionar direito...

Kerry: E não como personalidades, mas mais como seres que cuidam e compartilham.

Henry: É. Cada pessoa tem algo que é essencial em algum aspecto, assim é o tipo de corpo que tem, você sabe, em certo sentido, trabalha com muitos braços, mentes e tal.

Bill: Eu tenho um par de perguntas detalhadas que  me pergunto se eu poderia perguntar. É o tipo de coisa que eu perguntaria se estivessemos sentados ao redor de uma mesa. E podem ser simples para você responder. Uma delas é quando você diz que... Não me lembro das palavras que você usou, mas você disse que as fronteiras se tornariam algo não tão relevante, ou não tão forte, ou mais permeáveis, ou algo parecido. E isso me interessa. Gostaria de saber se você poderia falar sobre isso. 

E a outra questão é apenas um da minha própria curiosidade. Quando você falou sobre a invasão alienígena falsificada. Nós realmente temos muitas espaçonaves nossas? E você achava que certamente isso iria acontecer. Eu nunca ouvi você dizer isso antes. 

Henry: Ah, sim. Para responder a última, a segunda questão é: nós temos mais do que você... Eu não sei quantas que temos, mas temos mais do que você poderia... Você ficaria muito surpreso. Todo mundo ficaria muito surpreso. 

Mas elas foram ... Eles estão por aí há muitas décadas, você sabe, então estamos falando de um longo período. Estamos falando - na nossa época - elas estavam aqui por muitas décadas, desde antes da Segunda Guerra Mundial, com certeza. 

Quero dizer, é claro, a Alemanha... os alemães receberam alguns pedaços da tecnologia para montar algumas dessas. Infelizmente, as pessoas que as deram perceberam que tinham cometido um grande erro - e não eram tão inteligentes, afinal, apesar de serem avançadas. Elas não seguiram a primeira diretriz, eu acho que você poderia dizer, de não-interferência. [Risos] 

Michael: Eu queria te fazer uma pergunta sobre isso. Você acha que os avistamentos no México em janeiro de 2005, foram falsos ou foram reais? Você se lembra, todas aquelas luzes que foram exibidas em canais mexicanos de TV? 

Henry: Eu não me lembro exatamente disso, mas sei que algumas dessas coisas, como as que têm a ver com luzes, basicamente, não as coisas físicas, porém, mais com luzes, que não tem nada a ver com o tipo de coisas... Isso não tem nada a ver com a tecnologia limitada que os governos estariam utilizando, por assim dizer.

Bill: OK.

Henry: Isso é mais avançado do que a coisa normal diária humana. Isso não faz parte do cenário de ataque e ataques falsos. 

Bill: Mas esse plano é muito real e bastante provável, como eu pareço estar ouvindo você dizer.

Henry: É. É. Eles simplesmente brincam com isso. Mas o tempo de jogar estará certamente chegando muito em breve. É hora da fase de testes estar quase pronta. 

Bill: Uau. E estas são espaçonaves reais, não hologramas? Ou eles utilizariam a tecnologia holográfica tão bem? 

Henry: Espaçonaves físicas, reais. A tecnologia holográfica existe, mas ainda é bastante limitada. Foi John Lear que disse... mas peço desculpas. Pode ter acontecido, mas isso não é só... Não. Por que outros grupos passariam por todas as dificuldades de fazer o cenário de toda aquela cena em setembro de 2001...? 

No que diz respeito as fronteiras, é apenas que se tornarão sem sentido quando as pessoas estão apenas no modo de sobrevivência e as coisas estão se desmantelando e as fronteiras desaparecem, você sabe.

Bill: Como os guardas de fronteira não estão lá, porque eles estão cuidando da própria situação deles, e tudo é.... 

Henry: É. As fronteiras são eliminadas, então, nesse momento, não importa, você sabe. Basta lembrar - os verdadeiros problemas são gerados na mente. Se você pode treinar sua mente, você tem a sua ilha de luz - o seu lugar seguro.

Bill: Entendi.

Henry: Mas antes disso, quero dizer, nos próximos... Eu não posso dizer quando. Daqui até esse momento, as fronteiras vão... Haverá um monte de... muita, muito maior dificuldade para se ir de país para país. Alguns países. E assim, como você provavelmente já experimentou, Bill, só indo aos Estados Unidos, não é uma experiência tão amigável como já foi. 

Bill: Com relação a tirar os dados do disco rígido, você está dizendo que seria feito de forma encoberta, ou seria feito, dizendo: Dê-me o seu computador, precisamos tirar tudo do seu disco?

Henry: Bem, essa é a próxima etapa que está começando agora, é evidente.

Bill: Evidentemente. OK.

Henry: Ou é: Abra-o e vamos dar uma olhada no que está lá. Ou se eles querem que vá para o próximo nível e eles apenas o tomam por algumas horas e vão através de seu sistema, em seguida, o devolvem para você... esperemos que o devolva para você depois de terem tirado o que eles precisavam, ou tentarem tirar o que eles precisavam. Isso estava no Christian Science Monitor (Monitor da Ciência Cristã) nas últimas 24 horas. 

Bill: É. Vamos verificar isso. Se você tivesse seus dados em um disco externo em sua bagagem, provavelmente é algo que então, não necessariamente saberiam.

Heny: Bem, se você colocá-lo em um CD...

Bill: Em um CD, certo.

Henry: Um CD é principalmente plástico com alguma folha metálica dentro. Há todos os tipos de coisas que você pode usar. Provavelmente, o que chamam de cartões SD, ou menores, mini-SDs. Mas então é isso... Novamente, use o software freeware que faz o meio de armazenamento parecer um disco vazio. Estão facilmente disponíveis.

Bill: Certo. Muito obrigado... 

Creio, porém, que na verdade a razão de toda essa discusão aqui é sobre isso, realmente, na minha opinião. Porque eu acho - que é a razão do que podemos fazer por 6 bilhões de pessoas e talvez não para 6 bilhões de imediato - mas, o poder real, esta é a parte que eu acho que é um desafio, é que o poder está na organização.

Quero dizer, se você olhar para o que falamos, o que é a vida. Certo? É um organismo. Certo? Ou é uma organização ou é algo que é organizado. E isso é algo que as pessoas, elas precisam de ajuda para fazer. 

E acho que é a razão real aqui em começar a olhar para estes projetos que estamos discutindo. Trata-se realmente de ajudar as pessoas a encontrar uma maneira de se organizarem de forma coerente e sensata que ajudará todos os envolvidos. 

Olha, vou parar de monopolizar a conversa, mas obrigado por escolher os detalhes. E há alguém mais que realmente queira dizer alguma coisa aqui, além disso, realmente, muito obrigado por estarem aqui em todos os sentidos. 

Henry: Atrair a massa... ser capaz de utilizar os meios de comunicação de massa que a maioria das pessoas usam - a televisão - ser capaz de utilizar essa ferramenta, é uma das coisas mais poderosas, fisicamente, eu acho. E algumas das grandes redes, aparentemente, também estão começando a abrir um pouco agora e não sendo tão convencionais, que é um pouco promissor. Enfim, eu não sei o que dizer...

Kerry: Bem, na verdade, Henry, eu acho que você disse bastante e nós apreciamos muito.

Henry: Bem, obrigado por me deixar estar com vocês, só que eu não consegui ter nada para beber. [Risos]

Michael: Bem, muito obrigado, OK? E você é bem-vindo aqui.

Henry: Eu me sinto como se eu quase tive isso. Apenas sendo... Eu me sinto como se eu estivesse lá. Eu sinto... É edificante.

Kerry: E por favor, cuide-se.

Henry: Obrigado a todos vocês. Apenas se certifique, se transcreverem - que não adicionem qualquer adjetivos a isso ou qualquer coisa a mais. Nenhum enfeite e isso estará bom.

Bill: Não, será direto. Apenas um registro de todas as perguntas e respostas porque há um monte de informações muito importante aqui. E eu não poderia me lembrar porque eu não estive tomando notas.

Henry: Tudo isto foi um esboço muito grosseiro, é claro. Lembre-se - treinar e preparar sua mente e seu coração - então tudo será mais fácil para você.

OK. Pois bem, que todos tenha um bom dia. Vou descansar um pouco. Eu estive acordado por muito tempo.

Kerry: Tudo bem. Cuide-se.

[FIM]






Suporte o Projeto Avalon - faça uma doação:

Donate

Obrigado por sua ajuda.
Sua generosidade nos permite continuar nosso trabalho.

Bill Ryan

bill@projectavalon.net


unique visits

Google+