Busca

Ron Bonds

Esta página é uma reformatação da versão original publicada no Projeto Camelot.

Ron Bonds vivia em Atlanta, Geórgia, e publicava livros sobre mistérios não resolvidos e os fenômenos inexplicáveis​​, desde o assassinato de Kennedy até os helicópteros pretos sinistros da Nova Ordem Mundial. Na subcultura do paranormal, sua reputação era tanta que os escritores do fime "The X-Files (Arquivo X)" costumavam chamá-lo para dar-lhes algumas idéias.

Em abril de 2001, 15 horas depois de comer uma refeição com carne quente de um restaurante mexicano em Atlanta, depois de uma noite angustiante de vómitos e diarreia, Bonds foi levado de ambulância de sua casa para o Hospital Memorial Grady. Durante a autópsia, o médico legista encontrou grandes quantidades de sangue nas entranhas, por isso ele enviou uma amostra de fezes para o Laboratório de Saúde Pública da Geórgia em Decatur. O laboratório descobriu altos níveis de Clostridium perfringens do Tipo A, uma bactéria frequentemente encontrada em pequenas quantidades na carne bovina e de aves. Quando ela ocorre em grandes quantidades - qualquer coisa acima de 100.000 organismos por grama, isso é considerado inseguro - ela pode liberar toxinas que causam vômitos, diarréia e, raramente, hemorragia. As bactérias aparecem em 250 mil casos de intoxicação alimentar por ano, o CDC (Centro de Controle de Doenças) estima que, apenas sete dos quais resultam em morte.

Quatro dias depois de Bonds ter comido lá, epidemiologistas visitaram o El Azteca para coletar amostras de carne moída da mesa a vapor. Quando Clostridium perfringens torna-se perigoso, normalmente tem a ver com carne cozida numa temperatura muito baixa. O laboratório encontrou 6 milhões de organismos por grama - 60 vezes acima do limite de segurança.

Mas a pergunta óbvia é: Por que os outros que comeram no mesmo restaurante também não ficaram doentes?





Suporte o Projeto Avalon - faça uma doação:

Donate

Obrigado por sua ajuda.
Sua generosidade nos permite continuar nosso trabalho.

Bill Ryan

bill@projectavalon.net


unique visits

Google+