Busca

Linha de tempo 1, variante 83:
O que pode estar no futuro?

Esta página é uma reformatação da versão original p[agina no Project Camelot.


ATUALIZAÇÃO (Por favor leia a informação abaixo primeiro):

5 de junho de  2008 - Dan Burisch Atualização na Posição da Linha de Tempo 1, variante 83


De: Dan Burisch
Assunto: Re: Timeline 1 variant 83
Para: "Kerry Cassidy and Bill Ryan" <support@projectcamelot.org>
Data: Quinta-feira, 5 de junho de 2008, 5:12 AM

Como um adendo, algo que você também pode tornar público se você quizer, é a disparidade na acurácia - da mudança dos velhos relatos precisos para a mudança em curso, já que estamos na transição e temos feito "mudanças" por nós mesmos. Meus comentários anteriores, baseados na experiência direta, do segundo e terceiro grupo de comentários, relatórios não relacionados, Dados do Looking Glass (aparelho que mostra o futuro - literalmente, Olhando no vidro), dados do cubo de Orion e de J-Rod (alienígena) não bateram com os seguintes acertos, e aqueles que seguiram o meu relato fiel podem fazer as equivalências as minhas citações anteriores, se eles quiserem. Vamos analisá-los, certo? (Não vamos nem entrar nos relatórios de "Deacon" e Uhouse sobre o Looking Glass, nesse momento, como se confirmam, mas, é desnecessário).

Os comentários/relatórios anteriores que fiz do que sabia, últimos/subsequentes relatórios:

1. As edições Rense/Caltech (relatórios em inglês).

www.rense.com/general33/searcasdh.htm

www.rense.com/general81/lotus.htm

2. Os Stargates estão diretamente envolvidos com a guerra no Iraque (relatório em inglês).

www.exopolitics.org/Study-Paper2.htm

3. Chamas Solares serão uma componente próximo ao ano 2012 da catástrofe T2 (relatório em inglês).

www.engadget.com/2006/09/28/solar-flares-to-disrupt-gps-for-several-hours-in-2011-or-2012/

4. As Pontes Einstein-Rosen usadas pelos Viajantes do Tempo (relatórios em inglês).

http://news.nationalgeographic.com/news/2007/10/071023-invisible-wormholes.html

http://news.nationalgeographic.com/news/2005/09/0916_050916_timetravel.html

5. A origem de J-Rods e os seres de Orion uma divisão da Humanidade em um grupo baixo e um grupo alto (relatório em inglês).

http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/6057734.stm

6. Astenosfera e a desestabilização do manto e a rotação durante a catástrofe geológica em T2. Magma e água atrás dele, após ser pertubado pela energia atingindo a Terra (relatório em inglês).

www.physorg.com/news90171847.html

7. A energia atingindo a Terra no número 6, e diretamente relacionada ao Sol? (relatórios em inglês).

www.sott.net/articles/show/150040-Mystery-hum-puzzles-geologists

http://lightworker.com/Science/?p=115

ENTRAMOS NO CALENDÁRIO DA TRANSIÇÃO E SE COMEÇA A FAZER "MUDANÇAS INTENCIONAIS"

As "possibilidade" são comunicadas aos Clintons. É dito que Hillary poderia ser a maior probabilidade T1 das variantes do "futuro". Ela e o marido dela divulgam o conhecimento das possibilidades e o seu desafio a isso, desse modo em junho de 2007.

www.youtube.com/watch?v=shKJk3Rph0E (vídeo em inglês)

Fizemos um grande barulho sobre isso em nosso fórum.  (As pessoas devem ter faltado ou estavam cochilando?)

Fiquei impressionado, como muitos. Márcia e eu até a aprovamos, eu, especialmente, porque ela estava desejando concorrer - mesmo antes de saber "algo".

Em seguida vem o final de 2007, depois de todo esse material estar vindo à luz. Em 27 de setembro de 2007 questões como essa foram levantadas:

www.captainsquartersblog.com/mt/archives/013793.php (texto em inglês)

"Então, porque Hillary não poria Obama na cédula eleitoral?"

Hillary era a herdeira Democrática.

Eu estava "ocupado" alhures, nesse período; porém, mais tarde reportei a vocês o que estava acontecendo, foi observado que ela era vencedora, outras "coisas" aconteceriam. Também reportei que entravamos no Shar, o tempo de passagem (aquele da transição) em outrubro de 2007. Informei, particularmente, sobre o Terceiro Trilho, que nós estavamos tentando empurar os eventos para longe da precisão como evidenciado em 1- 7, acima.

Os Clintons continuavam adiante, então, a Herdeira aparentemente escorregou, não apenas nos votos. Mudanças foram acontecendo.

(08/03: o que aconteceu na Bosnia? Deve ter sido apenas uma "gafe"... uma realidade eloqüentemente declarada... declarada três vezes... bem lembrado... detalhada... declarada por alguém que sabe que aquele arquivo do filme existe... "gafe"! Tenho uma infinidade de e-mails de todo o mundo de pessoas que parecem se lembrar de algo sobre um desagradável atirador de tocaia!?... mas, não é isso que o vídeo mostra (agora), não é?

www.wikio.com/video/149060?start=90&count=15&sort=0 (texto em inglês)

Tentei assegurar as pessoas, no fórum, que tinha escrito que "apenas porque eles não se lembram disso, da maneira que o vídeo mostra, certo..."...mas, algumas pessoas devem ter perdido isso ou estavam cochilando?

Ok, agora, de qualquer forma, aqui estamos realmente começando com ele, no momento certo da transição, outubro de 2007:

http://blog.washingtonpost.com/the-trail/2007/10/24/post_148.html (texto em inglês)

Tirado de Dan Balz

Clinton Escorrega nas Questões de Segurança Social

Naquele mesmo período. Estava no telefone com uma amiga próxima, falando com ela na área de Dubai. Avisei a ela o que foi observado sobre o Paquistão e outros a avisaram que o que eu estava dizendo estava correto: que o PPP não foi visto no poder em qualquer das probabilidades aprovada pelo Looking Glass onde foi visto uma guerra nuclear surgida entre o Paquistão e a Índia, seguindo-se a desestabilização por um ataque idiota sobre o Irã por ordem do Presidente Bush e os conselhos do Vice-presidente Cheney. Naturalmente, que a guerra entre Paquistão e Índia promoveria a entrada da China na Índia (2010-2011),  e a confrontação dos EUA após a Presidenta Hillary Clinton ser... ahh... não é mais  presidenta... e tudo que seguiria. Minha amiga retornou para o Paquistão, foi o último sacrifício de sangue que permitiu uma importante mudança na estrutura do poder.

O que também acontece nesse período? Uma certa Estimativa da Inteligência Nacional é liberada, por outro que não o Diretor da Inteligência Nacional, Vice-almirante aposentado da marinha John Michael McConnell. Essa pressão causou uma influência política contra um ataque próximo de ser levado a termo no Irã - esse ataque foi visto no Looking Glass para T1v83.

CLIQUE AQUI: para uma timeline pequena: (artigo em inglês)

7 de outrubro de 2007: Relatório: Da Comunidade da Inteligência dos Estados Unidos para 'Diminuir' a Pressão da Administração para uma Guerra com o Irã

O correspondente da televisão NBC, Howard Fineman, diz que a comunidade da inteligência dos Estados Unidos liberará "três relatórios diferentes" nas próximas semanas para "diminuir" a pressão da administração para uma guerra com o Irã. Fineman diz, "A comunidade da inteligência nos próximos meses virá com três relaórios diferentes a respeito do Irã: sobre os problemas de política internacional do Irã, sobre a econômia e sobre a capacidade nuclear deles. Esses serão a chave para decidir o que a administração Bush fará, é a comunidade da inteligência, penso, tentando diminuir o que o presidente, muito particularmente, o vice-presidente, querem fazer no Irã". [MSNBC, 7/10/2007]. De fato a comunidade da inteligência liberará uma Estimativa da Inteligência Nacional em dezembro que conclui que o Irã parou de desenvolver arma nuclear em 2003, não havendo o perigo deles terem uma arma nuclear até, pelo menos, 2013 (veja 3 de dezembro de 2007)20 de outubro de 2007: Bush diz aos Líderes Mundias do Risco de uma Terceira Guerra Mundial a Menos que o Irã Pare o Programa Nuclear

George W. Bush avisa aos líderes do mundo que eles correm um risco de uma Terceira Guerra Mundial a menos que eles trabalhem para parar o Irã de desenvolver armas nucleares. Bush fez o discurso dele na Casa Branca, o discurso foi programado para coincidir com a visita do presidente russo, Vladimir Putin, à Teerã. A russia tem, nas semanas recentes, avisado aos Estados Unidos sobre não se moverem muito rápido para uma confrontação violenta com o Irã à respeito do programa nuclear dele; Bush, vice-presidente Dick Cheney, e outros funcionários de Bush responderam escalando a retórica deles contra o Irã (veja 21 de outubro de 2007) e pediram financiamento para as armas que poderiam ser usadas contra as instalações nucleares do Irã (veja metade-outubro de 2007). "Temos um líder no Irã que anunciou que ele quer destruir Israel", Bush disse. "Assim, eu digo as pessoas que, se vocês estão interessados em evitar a Terceira Guerra Mundial, parece que vocês devem estar interessados em evitar que eles adquiram o conhecimento necessário para fazer uma arma nuclear". De fato, Putin e funcionários russos têm repetidamente dito que o Irã não está fazendo armas nucleares, os russos se comprometaram a continuar a ajudar o Irã a desenvolver a tecnologia nuclear deles e a Russia conduziu uma coalisão das nações do Mar Cáspio que juraram evitar que os Estados Unidos use aquela região para lançar qualquer ataque contra o Irã. [jornal Daily Telegraph, 20/10/2007]

3 de dezembro de 2007: Estimativa da Inteligência Nacional Acha o Programa de Armas Nucleares do Irã Parado Desde 2003

O NIE do Irã. [Fonte: Escritório do Diretor de Inteligência Nacional] O recente lançamento da Estimativa da Inteligência Nacional (EIN) para o programa de armas nucleares do Irã conclui que o Irã parou de trabalhar em armas nucleares em 2003 e que o programa continua suspenso até hoje. A administração Bush tem repetidamente afirmado que o Irã está na iminência de adquirir armas nucleares, dando a entender que está pronta para atacar aquela nação para evitar que tal coisa aconteça (veja 20 de outubro de 2007). O interessante é que a administração tentou fazer o EIN reescrever o relatório para se adequar à visão deles sobre o Irã, um esforço liderado pelo vice-presidente Dick Cheney (veja outubro de 2006). Espera-se que os achados do EIN tenham um grande impacto nas negociações entre o Irã e vários países do oeste, incluindo os Estados Unidos, visando à pressionar e bajular o Irã em desistir do programa de energia nuclear deles. O EIN, uma classe representando o consenso de 16 agência de inteligência dos Estados Unidos acha que, enquanto a ambição última do Irã para se tornar uma potência nuclear permanece obscura, "as decisões do Irã são guiadas por uma aproximação de custo-benefício mais do que a corrida para se armar sem a consideração dos custos político, econômico e militar... Alguma combinação com as ameaças intensificadas do escrutínio e pressão internacional, além de oportunidades para o Irã alcançar sua segurança, prestígio e metas nas influências regionais, de outra forma pode - se percebido pelos líderes do Irã como confiável - preparar Teerã para extender a corrente suspensão ao seu programa de armas nucleares".

O EIN diz que mesmo se o Irã fosse recomeçar, hoje, o desenvolvimento do programa de armas nucleares deles; levaria pelo menos dois anos, no mínimo, antes que tivessem enriquecido urânio suficiente para produzir uma única bomba. O relatório diz que Irã será capaz de desenvolver uma arma nuclear não antes de 2013, "por causa da técnica previsível e dos problemas programáticos". O relatório contradiz frontalmente as declarações feitas pelo EIN 2005 que concluiu que o Irã tinha um ativo programa de armas nucleares e estava determinado às desenvolver tão rápido quanto possível. "Sentimos que precissavámos esclarecer todas as declarações e fontes para estarmos seguro de que não estavamos nos enganando", diz um senhor oficial da inteligência. [Nova York Times, 3/12/2007; Diretor da Inteligência Nacional]. Não há palavra oficial do por quê o EIN tinha sido divulgado publicamente pela Casa Branca, quando ele contradiz tão claramente a postura da administração Bush, mas Cheney implica que "a decisão decorreu do medo de que o relatório seria vazado de qualquer forma." Havia uma crença geral, que todos compartilhamos, que era importante torná-lo público - que provavelmente, não ficaria secreto por um longo tempo". [Politico, 5/12/2007]. O EIN foi compilado com informações colhidas desde 2004, um dos achados chave da inteligência é a interceptação de chamadas telefônicas entre comandantes militares iranianos indicando que o programa nuclear tinha sido suspenso (veja julho 2007).

O DNI agiu e agradcemos a Deus que ele o fez! Naturalmente, do meu ponto de vista, tudo foi ofuscado, apenas 24 dias após a morte de minha amiga.

www.cnn.com/2007/WORLD/asiapcf/12/27/pakistan.sharif/index.html (reportagem em inglês)

Espero que tenha podido ajudar de alguma forma com essa resposta mais detalhada, ao responder sua pergunta original. Posso dizer que sinto o fluxo presente e as possibilidades para a paz são melhores do que foi observado: guerra nuclear multilateral. (Esse foi o "nenhum almoço grátis" que mencionei por todos esses anos, na transição de uma catastrófica T2 onde 4-5 bilhões de pessoas morreriam). Sinto que qualquer "desconhecimento" que leve à possibilidade para a paz, é um opção melhor do que a guerra certa.

Deus nos abençoe e nos guarde, e que possamos achar nossos próprios caminhos - caminhos que criaremos para nós em paz.

Dan



Encontrando Dan Burisch em 10 de dezembro de 2007 


Dan esteve incomunicável e indisponível durante boa parte do final de 2007, nesse período ele foi chamado de volta 'para a agência secreta' para participar de um projeto de considerável importância para a Segurança Nacional (veja essa página declaração publicada por Marci McDowell sobre o 'sabático' de Dan). Após ser liberado de suas funções, encontramos com ele por várias horas... E nos foi contado uma estória incrível.

Mantivemos isso inteiramente confidencial (por razões que se tornarão óbvias quando você o ler). As informações contidas nos dados da inteligência sobre os eventos futuros prováveis, que foram ganhas através de investigação da alta teconologia sobre as possivéis e prováveis cronogramas do futuro. O aparelho usado foi o Cubo de Orion. [Clique na fotografia para vê-la maior.]

O objetivo do projeto foi estabelecer se os perigos da Timeline 2 - em que no ano de 2012 uma mudança de pólos deveria ocorrer, de acordo com o comunicado dado pelos  humanos viajantes do futuro - seria evitado.

Aqueles familiarizados com o testemunho de Dan em nossas entrevistas anteriores (e também sumarizado aqui) saberão que nos foi dado a conhecer pelos humanos do futuro, que as tecnologias de Stargate e Looking Glass tinham precipitado uma catástrofe ao ampliar os efeitos energéticos dos micro-wormholes (wormhole é conhecido na ciência como o menor caminho entre dois pontos no espaço - traduzido literalmente como buraco de minhoca) encontrados na Terra quando viajando por uma região particular no espaço (essa linha de tempo, no momento em que você está lendo essa página, é a que estamos nos aproximando agora).

Os Looking Glasses e Stargates foram dessativados ou destruídos. Em teoria, tudo estava bem - mas isso precisava ser verificado.

O projeto teve dois resultados:

1) Foi confirmado que a catástrofe do ano de 2012 será evitada.

2) Dado (1) acima - isto é, que estamos agora na linha de tempo 1, não na desastrosa linha de tempo 2 - o resto do projeto foi devotado a recuperar os dados sobre os eventos prováveis nesta nova linha de tempo não viajada. As seqüências de eventos mais prováveis, entre um grande de número de variantes potenciais, foi avaliada como sendo a variante 83.

Timeline 1, variante 83

T1v83, como é conhecida , não contêm boas notícias para todos nós, cidadãos do mundo. Por essa razão não publicamos qualquer informação, assumindo que era altamente secreta. Porque - e isso é importante - essa variante de más notícias, agora, parece ter mudado, pedimos a permissão de Dan para publicar o que pudermos sobre isso - porque oferece uma mensagem de esperança e entendiementeo. Para o grande crédito de Dan, ele concordou.

Aqui estão os detalhes: primeiro a informação que foi colhida, e segundo como mudou.

O que foi visto era que Hillary Clinton - o mais interessante, com John Kerry como o vice-presidente dela - ganhariam a Casa Branca em novembro de 2008. A administração Bush, contudo, antes de sair, faria um ataque nuclear ao Irã, as repercussões escalariam para a próxima administração e também precipitaria um grande colapso econômico.

Os eventos geopolíticos, portanto, continuariam a deteriorar com um ataque pelo Paquistão contra a Índia, um ataque da China contra a Índia e finalmente uma troca nuclear entre Estados Unidos, Russia e China. Isso seria no ano de 2010, assim, esses acontecimentos não ocorreriam de uma só vez.

O que se segue é a novidade. Mike McConnell, o diretor da Inteligência Nacional e antigo MJ-1 (majestic 1) - e que é um homem bom (nas palavras de Dan: o esteio moral do Majestic) - estava tão irritado com a alegria da atual administração com a perspectiva de um ataque ao Irã, que ele instruiu o aparato de inteligência dele à pulicar uma Estimativa da Inteligência Nacional, em que foi declarado que o Irã não apresentava nenhuma ameaça nuclear. Essa foi a primeira mudança importante na varianate 83.

Poco depois disso, Benazir Bhutto foi assassinada. Benazir era parte das conclusões do projeto de 2007 e estava completamente informada sobre a variante 83. A missão pessoal dela era de evitar o ataque nuclear do Paquistão, na variante 83 foi visto que ela era politicamente muito ativa - embora sem sucesso.

Não sabemos disso como fato, mas sentimos que os leitores podem tirar as suas próprias conclusões sobre por quê ela pode ter sido 'eliminada' logo após a publicação do EIN. Deve ser lembrado que há muitas facções e indivíduos por trás dos bastidores que QUEREM que esses eventos previstos aconteçam.

O que é mais significante é que, desde a morte dela, há uma coalisão no governo no Paquistão que por si só é suficiente para evitar um ataque contra a Índia. Essa é outra saída vista na variante 83

Em nossa longa conversação, Marci McDowell comparou a publicação do EIN como uma cutucada em um rifle engatilhado de tal forma que, metaforicamente, a bala (isto é o resultado previsto) acertaria outro alvo. Os leitores terão notado que houveram tentativas políticas de certos quadrantes (não apenas dentro dos Estados Unidos) para ajustar a pontaria novamente. Mas, isso não parece ter funcionado... até agora.

Pode ser prematuro, nesse momento, para se escrever isso (10 de abril de 2008), mas, parece que Barack Obama - não Hillary Clinton - pode ser o próximo presidente. Se asssim for, essa saída da variante 83 pode ser a mais significante de todas.

Todos nós co-criamos nosso mundo

ssim, essa é uma mensagem de esperança e otimismo informado. Parece que as notícias más da variante 83 já foram divulgadas. Qual a variante nova que podemos estar agora? Não sabemos - e possivelmente ninguém sabe.

Mas, aqui é o que é crítico de nos lembrarmos, sempre: não somos apenas passageiros no mundo onde os acontecimentos são determinados pelos outros, enquanto que, apenas assistimos sem esperança e passivelmente os resultados na televisão. Estamos todos envolvidos no processo e - como já observamos várias vezes - somos todos responsáveis por co-criar nosso futuro.

Todos votamos no mundo que experimentaremos, se conscientemente ciente disso ou não. Em nossa visão, é, criticamente, importante que as pessoas sejam informadas sobre os jogos sendo jogados, as agendas secretas e o que está em risco. Essa é toda a missão do Projeto Camelot.

Agora que publicamos isso, nenhum de nós, devidamente informado, pode estar mais incosciente. Porém, aqui está um pedido nosso a você, pessoalmente: NÃO permita que essas previsões aconteçam.






Suporte o Projeto Avalon - faça uma doação:

Donate

Obrigado por sua ajuda.
Sua generosidade nos permite continuar nosso trabalho.

Bill Ryan

bill@projectavalon.net


unique visits

Google+